Dólar R$ 3,27 0,13%
Euro R$ 3,63 -0,15%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa -0,51% 63.761 pts
Pontos 63.761
Variação -0,51%
Maior Alta 3,64% FIBR3
Maior Baixa -2,44% CIEL3
Última atualização 29/05/2017 - 17:21 FONTE

O salário dos sonhos dos estudantes de administração no Brasil

Estudo mostra quanto os universitários da área de gestão empresarial esperam ganhar no seu 1º emprego. Expectativas variam conforme o gênero

São Paulo — No Brasil, os estudantes de administração esperam ganhar, em média, 16.507 dólares anuais no seu primeiro emprego após a graduação, algo em torno de 4.480 reais por mês. 

O número aparece numa nova pesquisa da consultoria Universum, que ouviu mais de 300 mil universitários da área de negócios em 57 países. O valor indicado pelos jovens é bruto, sem descontos nem comissões, e não necessariamente corresponde à remuneração praticada pelos empregadores.

As expectativas salariais variam conforme o gênero. No Brasil, homens preveem ganhos de 18.076 mil dólares anuais, ao passo que mulheres esperam receber 16.405 dólares por ano — 1.670 dólares a menos que eles.

A diferença aparece em todos os países pesquisados, à exceção do Marrocos. Globalmente, estudantes de administração do gênero feminino esperam ganhar em média 80% do total estimado por seus colegas do sexo oposto.

“Em muitos países ainda existe uma quantidade desproporcional de homens em posições de liderança, e os talentos do sexo masculino costumam acreditar fortemente que um dia vão preencher esse papel”, diz o relatório da Universum. “Essa grande expectativa pode explicar por que tantos homens superestimam seu valor de mercado”.

Segundo a consultoria, a persistente desigualdade de gênero no mundo do trabalho produz poucos modelos inspiradores para as jovens alunas nas empresas. A ausência ou desvalorização salarial de pessoas do sexo feminino em certas empresas faz com que elas tenham menos referências de quanto deveriam estar ganhando em suas primeiras aventuras profissionais.

Ranking de expectativas

Na comparação global, os futuros administradores mais “caros” são os suíços: eles esperam ganhar 79.435 dólares anuais, quase 5 vezes mais que os brasileiros, 8 vezes mais que os russos e 13 vezes mais que os vietnamitas.

Dinamarca, Estados Unidos, Noruega e Alemanha ocupam 2º, 3º, 4º e 5º lugares, respectivamente. O Brasil apareceu na 27ª posição do ranking.

Na opinião do diretor da Universum para a América Latina, André Siqueira, é difícil dizer se o profissional é brasileiro é caro ou barato, já que esse conceito é relativo e envolve variáveis como custo de vida no país e produtividade de cada indivíduo.

Na 27ª posição de uma lista de 57 países, o Brasil está no meio do caminho entre o caro e barato, “um pouco mais para caro do que para barato”, diz ele.

Segundo o estudo, a maioria dos jovens faz uma estimativa realista dos seus ganhos em um primeiro emprego, tendo por base a situação econômica de seus países e a competitividade do mercado local.

Veja abaixo o salário esperado por estudantes de administração pelo mundo, bem como as expectativas distintas de homens e mulheres. Os entrevistados foram ouvidos entre setembro de 2015 e setembro de 2016:

Ranking País Expectativa salarial geral (US$) Expectativa salarial dos homens (US$) Expectativa salarial das mulheres (US$)
1 Suíça 79.435 81.992 74.376
2 Dinamarca 57.932 60.736 55.658
3 Estados Unidos 52.655 56.965 51.825
4 Noruega 52.036 54.518 49.673
5 Alemanha 46.578 50.723 44.338
6 Catar 44.483
7 Suécia 42.466 44.876 41.729
8 Austrália 41.583 44.653 40.188
9 Emirados Árabes Unidos 39.523 39.221 38.805
10 Reino Unido 38.635 42.833 37.780
11 Finlândia 37.917 40.553 37.348
12 França 37.505 39.847 35.975
13 Canadá 36.909 39.381 35.797
14 Irlanda 36.442 42.614 34.291
15 Kuwait 34.733 35.406 34.060
16 Áustria 34.676 37.533 32.678
17 Holanda 33.319 37.578 32.282
18 Bélgica 32.423 34.653 30.110
19 Coreia do Sul 32.034 35.599 31.930
20 Japão 29.128 32.376 28.142
21 Singapura 28.883 31.146 28.751
22 Arábia Saudita 28.663 34.829 27.372
23 Hong Kong 26.813 29.325 26.300
24 Itália 26.801 30.732 25.085
25 Espanha 20.542 22.452 20.223
26 Líbano 19.502 21.767 17.138
27 BRASIL 16.507 18.076 16.405
28 Chile 16.136 17.829 15.747
29 África do Sul 15.563 17.128 15.282
30 Portugal 15.405 17.423 15.067
31 Marrocos 14.289 13.991 14.418
32 Turquia 14.236 15.765 13.680
33 Panamá 14.107 16.023 13.169
34 Costa Rica 14.023 15.037 13.380
35 Argentina 13.902 15.044 12.973
36 China 12.784 13.285 12.224
37 República Tcheca 12.686 14.261 12.131
38 Argélia 12.638 13.589 11.938
39 Nigéria 12.610 12.929 12.202
40 Índia 12.359 12.799 10.360
41 Tailândia 12.001 14.266 12.146
42 México 10.943 12.083 10.296
43 Hungria 10.444 11.421 9.686
44 Polônia 10.250 11.318 9.950
45 Gana 10.235 10.772 9.398
46 Quênia 10.052 10.621 9.332
47 Peru 9.688 10.711 9.253
48 Malásia 9.354 10.050 9.346
49 Rússia 9.202 10.740 8.599
50 Bulgária 8.877 10.836 8.086
51 Colômbia 8.508 9.150 8.097
52 Cazaquistão 7.788 9.478 7.617
53 Indonésia 7.568 7.831 7.311
54 Filipinas 7.375 8.033 7.145
55 Romênia 7.086 8.138 6.651
56 Egito 6.453 6.578 5.899
57 Vietnã 6.041 6.008 5.832