São Paulo - Os bancos estão ganhando espaço nos sonhos de carreira dos estudantes de administração e comércio no Brasil. 

Segundo o ranking de 2014 dos Empregadores IDEAIS™ no Brasil, da consultoria Universum, o interesse pelas instituições financeiras cresceu em 12,5% entre 2013 e 2014. A pesquisa foi realizada entre fevereiro e maio de 2014, e ouviu 13.477 estudantes universitários da área em todo o país. 

Os bancos nacionais vencem os estrangeiros na disputa pela preferência dos jovens. Instituições como Banco do Brasil, Bradesco e Itaú Unibanco subiram posições no ranking das empresas consideradas ideias pelos estudantes.

Já  empresas de fora do país, como Citi e Bank of America Merrill Lynch, perderam espaço. As exceções são o Grupo Santander e o HSBC.

Empresas do setor automotivo também ganharam vulto no último ano. A popularidade da Ford, por exemplo, cresceu 39%, enquanto o desejo de trabalhar na Volkswagen aumentou em 36%.

Os jovens também tem se interessado mais por empregadores ligados ao mundo da tecnologia. A Philips ganhou 24% na preferência deles, seguida pela Sony (23%) e pela Samsung (15%).

Veja o ranking completo abaixo:

Posição no ranking em 2014 Empresa Percentual de estudantes que escolheram a empresa Posição no ranking em 2013
1 Petrobras 23,68% 2
2 Banco do Brasil 22,02% 5
3 Google 21,79% 1
4 Apple 14,91% 3
5 Banco Bradesco 13,70% 12
6 Itaú Unibanco 12,42% 15
7 Ambev 10,07% 4
8 Rede Globo 9,98% 16
9 Itaú BBA 9,44% 13
10 The Coca-Cola Company 9,42% 7
11 Nestlé 9,14% 6
12 Facebook 8,54% -
13 Microsoft 8,52% 14
14 Vale 7,08% 9
15 HSBC 6,96% 23
16 Natura 6,54% 10
17 Grupo Santander 6,14% 18
18 Heineken 5,69% 11
19 Samsung 5,42% 34
20 Unilever 5,36% 8
21 TAM Airlines 5,20% 21
22 Editora Abril 5,01% 33
23 Toyota 4,85% 55
24 Volkswagen Group (incl. Audi, Porsche, SEAT) 4,80% 60
25 Johnson & Johnson 4,41% 17
26 Sony 4,33% 49
27 3M 3,88% 19
28 GOL Linhas Aéreas Inteligentes 3,83% 53
29 Votorantim 3,76% 40
30 Ford do Brasil 3,45% 69
31 Gerdau 3,32% 28
32 Grupo Boticário 3,30% -
33 Eletrobrás 3,22% 51
34 BMW Group (BMW, Mini, Rolls-Royce Motorcars) 3,15% 29
35 Honda 3,11% 64
36 GM - General Motors 3,09% 79
37 L'Oréal Group 2,96% 30
38 Embraer 2,90% 39
39 Grupo Volvo 2,76% 65
40 IBM 2,62% 32
41 Bosch 2,54% 76
42 PepsiCo 2,54% 41
43 Odebrecht 2,53% 47
44 ALL Logística 2,44% -
45 PwC (PricewaterhouseCoopers) 2,36% 22
46 Walmart 2,29% 92
47 Fiat Group 2,12% 70
48 adidas group (incl. Reebok, TaylorMade) 2,06% 27
49 Renault do Brasil 1,95% 75
50 Deloitte 1,93% 44
51 KPMG 1,91% 37
52 EY (Ernst & Young) 1,83% 20
53 Dell 1,77% 56
54 GPA ? Grupo Pão de Açúcar 1,77% 52
55 Procter & Gamble (P&G) 1,67% 31
56 Volvo Car Group 1,66% 93
57 J.P. Morgan 1,65% 26
58 Danone 1,64% 59
59 C&A 1,62% -
60 Bank of America Merrill Lynch 1,54% 42
61 HP 1,52% 66
62 BRF - Brasil Foods 1,48% 50
63 LVMH (Louis Vuitton, Dior, Sephora) 1,48% 36
64 Bayer 1,46% 54
65 Caterpillar 1,40% 107
66 Bunge 1,31% 83
67 Intel 1,25% 71
68 TOTVS 1,24% -
69 Carrefour 1,24% 95
70 The Boston Consulting Group (BCG) 1,15% 43
71 Usiminas 1,13% 89
72 Braskem 1,12% 77
73 Renner 1,09% -
74 Cargill 1,09% 78
75 Ipiranga - Produtos de Petróleo 1,08% 90
76 GE - General Electric 1,06% 45
77 BASF 1,05% 85
78 BTG Pactual 1,05% 35
79 JBS - Friboi 1,04% 87
80 SulAmérica Seguros 1,02% 73
81 Goldman Sachs 1,01% 38
82 Philips 1,01% 106
83 CSN - Companhia Siderúrgica Nacional 0,98% 58
84 McKinsey & Company 0,98% 25
85 Deutsche Bank 0,97% 48
86 Citi 0,94% 62
87 Cielo 0,94% 74
88 Scania 0,92% 102
89 Bain & Company 0,90% 24
90 Mondelez International (formerly Kraft Foods) 0,88% 68
91 Camargo Corrêa 0,87% 67
92 ArcelorMittal 0,87% 99
93 Shell 0,86% 86
94 Monsanto 0,84% 61
95 Raízen 0,82% 100
96 Whirlpool 0,80% -
97 Credit Suisse Hedging-Griffo 0,77% 46
98 Souza Cruz - British American Tobacco 0,76% 63
99 Siemens 0,67% 105
100 Syngenta 0,65% 80

aaaaaa

Tópicos: Banco do Brasil, Bancos, Empresas, Empresas brasileiras, Empresas abertas, Google, Tecnologia da informação, Empresas americanas, Empresas de tecnologia, Empresas de internet, Jovens, Petrobras, Capitalização da Petrobras, Estatais brasileiras, Petróleo, gás e combustíveis, Empresas estatais, Indústria do petróleo, Rankings, Listas