São Paulo - Concurseiros terão um ano agitado em 2013. É o que preveem Marco Antônio Araújo Jr, vice-presidente acadêmico do Complexo Educacional Damásio de Jesus, e Alexandre Gialluca, coordenador de cursos preparatórios para concursos públicos da LFG.

De acordo com os dois especialistas, serão 130 mil vagas nas carreiras públicas no próximo ano, somando-se oportunidades nas esferas municipal, estadual e federal.

Se a expectativa é boa por conta da grande oferta de cargos, a preparação é árdua e demanda grande esforço. Quem ainda não começou a estudar e está de olho em uma vaga deve deixar as férias de lado e aproveitar para pegar firme nas apostilas e livros.

“É claro que isso depende de cada candidato, mas a gente sempre fala que quem está estudando há menos de um ano tem chances reduzidas”, diz Araújo Jr. De acordo com ele, a aprovação geralmente fica mais próxima a partir de dois anos de dedicação.

O “boom” de oportunidades acontecerá, de acordo com Araújo Jr e Gialluca, nas carreiras federais. “Até 2016 a expectativa é de 400 mil vagas na esfera federal por conta da aposentadoria de servidores”, diz Gialluca.

Já para 2013, estão previstas seleções na Polícia Federal, para delegado, escrivão e agente. Mas não é só isso. O Ministério da Fazenda, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária),o  Banco Central,o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e o MEC também devem entrar no radar dos concurseiros de plantão. 

A grande atração pelos certames está relacionada aos salários. “Segundo o IBGE a remuneração na carreira pública supera em 92% a da iniciativa privada, por isso a procura é tão alta”, diz Gialucca.

Já que os salários são vantajosos, confira alguns dos concursos mais disputados previstos para ocorrerem no ano que vem e invista nos estudos:

1 Polícia Federal

Para os bacharéis em direito, o concurso para delegado federal é o mais visado dentro da Polícia Federal em 2013. “É um concurso muito concorrido e difícil”, diz Araújo Jr.

O vice-presidente acadêmico do Complexo Educacional Damásio de Jesus lembra ainda faz tempo que não há seleção para delegados federais. “O último foi em 2004”, diz Araújo Jr.

Gialluca concorda que as atenções dos concurseiros estarão voltadas para a PF em 2013. “Há uma ansiedade muito grande por este concurso”, diz.

Vale lembrar que a remuneração, na última seleção, girava em torno dos R$ 13,3 mil para delegado. Concurso para agentes e escrivães da PF também devem ser muito concorridos já que os salários giram em torno dos R$ 7,5 mil.

2 Banco Central

A expectativa é grande para o concurso do Banco Central, e a autorização das vagas pode sair em breve. O pedido de concurso para até 1.850 vagas para cargos de nível médio e superior foi feito em setembro e foram solicitadas 400 vagas para técnico, 1.330 para analista e 120 para procurador. 

A grande concorrência prevista para este concurso tem motivo. A remuneração para técnico é de 5,2 mil reais, para analista é 13,2 mil e para procurador chega a 15,2 mil. 

Para esta última função é exigido bacharelado em direito. “Por conta do número de vagas que é alto, a nossa expectativa é que o número de inscritos ultrapasse 300 mil”, diz Giallucca. Em 2009, ano do último concurso foram 251 mil inscritos.

3 Ministério da Educação (MEC)

Previsto para o ano que vem, o primeiro grande concurso do MEC, de acordo com a previsão de Giallucca pode chegar à marca de 5 milhões de inscritos. “A expectativa é que sejam 12 mil vagas com número variado de cargos”, diz Giallucca.

Com muitas oportunidades para professores e técnicos administrativos, os salários, apesar de não terem sido divulgados ainda pode chegam a 8 mil reais, segundo Gialluca.

4 Instituto Nacional do Seguro Social (INSS)

Com 2.300 oportunidades previstas, o concurso para analista do INSS é outro certame que deve mobilizar os concurseiros, na opinião de Gialluca. “Concursos do INSS são muito disputados em todo Brasil”, diz o especialista.

O último concurso para analista aconteceu em 2008 e teve 93 mil inscritos. “O número de inscritos deve superar esta marca, a expectativa é de 100 mil”, diz Gialluca.

5 Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)

A agência deverá selecionar 165 novos servidores, conforme já autorizou o Ministério do Planejamento. Para quem nível superior serão 120 vagas, 100 para especialista em regulação e vigilância sanitária e 20 para analista administrativo.

“ É um concurso também bastante concorrido”, diz Gialluca. A remuneração inicial para os cargos de especialista é de 10.019,20 reais e de 9.263,20 reais para analistas administrativos.

6 Ministério da Fazenda

O concurso para analista de finanças e controle do Ministério da Fazenda já foi autorizado e o edital deve sair até maio de 2013. Serão 255 oportunidades para quem tem superior em qualquer área.

“São muitas vagas e o salário é alto, por isso a procura será grande”, diz Gialluca. A remuneração no último concurso, realizado em 2008, foi de 10.905,76 reais, por isso a procura deve ser alta também.

7 Advocacia Geral da União (AGU) e Fazenda Nacional

As seleções para procurador federal e procurados da Fazenda Nacional também devem ter muita procura por conta do número de vagas e dos salários.

“São 560 oportunidades, 280 para cada carreira”, diz Gialluca. A remuneração, tanto para procurador federal quanto para procurador da Fazenda Nacional, é de 14,9 mil e segundo o especialista o número de inscritos deve ser de cerca de 30 mil.

8 Defensorias Públicas Estaduais

Os concursos para defensores públicos também devem atrair bastante atenção devem ocorrer em pelo menos 7 estados no ano que vem. “Os concursos para defensores públicos vão ser bastante concorridos”, diz Araújo Jr.

Já há 400 vagas autorizadas em São Paulo. Vale lembrar que o salário inicial dos defensores paulistas gira ultrapassa os 11 mil reais.

Mas também há editais previstos para os estados de Amapá, Maranhão, Pernambuco, Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte. Destes a remuneração mais atrativa deve será a do estado do Maranhão, já que no último concurso realizado, em 2011, o salário inicial era de 9 mil reais.

9 Ministérios Públicos Estaduais

Araújo Jr. também acredita que as seleções feitas pelos ministérios públicos entram no pacote de concursos acirrados. Com pelos menos 11 estados selecionando promotores, chances para quem tem se preparado não deve faltar.

Acre, Goiás, Maranhão, Pará, Rio de Janeiro e Rondônia devem ter editais publicados em breve já a previsão, de acordo com o Complexo Educacional Damásio de Jesus era que fossem publicados ainda em dezembro. Já os estados da Bahia, Distrito Federal, Minas Gerais, Paraíba e Pernambuco terão editais publicados no ano que vem.

10 Magistraturas estaduais

O próximo ano também promete ser decisivo para quem quer ser juiz estadual, de acordo com o vice-presidente acadêmico do Damásio de Jesus. “Os concursos para as magistraturas estaduais devem mobilizar muitos concurseiros”, diz Araújo Jr. A remuneração é atrativa em todos os estados e, muitas vezes, ultrapassa os 21,7 mil reais.

Pelo menos 11 estados devem ter concursos públicos para selecionar juízes. Editais para Amazonas, Mato Grosso, Rio Grande do Norte, Rondônia, Sergipe e Tocantins, de acordo com o Complexo Educacional Damásio de Jesus, devem sair ainda este mês. Já os estados de Alagoas, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio de Janeiro e o Distrito Federal devem ter editais para concursos publicados no ano que vem.

11 Tribunais Regionais do Trabalho

Os concurseiros interessados em fazer parte do quadro de servidores da Justiça Trabalhista também devem ficar atentos e se preparar para uma disputa acirrada de vaga para cargos de analista e técnico de Tribunais Regionais do Trabalho. “São concursos que também têm muitos inscritos e demandam uma preparação de 1 ano e meio no mínimo”, diz Araújo Jr.

Seleções devem ocorrer nos estados: Acre, Alagoas, Amazonas, Ceará, Maranhão, Minas gerais, Mato Grosso do Sul, Mato grosso, Pará, Paraná, Rondônia, Roraima, Sergipe e também Distrito Federal.

12 Polícia Civil

As polícias civis também vão atrair muitos concurseiros, na opinião dos especialistas por conta da oferta de oportunidades no Brasil inteiro. “São 10 mil vagas previstas em 20 estados em 2013 somando-se todos os cargos ”, diz Gialluca. “Haverá muita procura pelas carreiras policiais estaduais civis”, concorda Araújo Jr.

Tópicos: Concursos públicos, concursos, Oportunidades profissionais, Salários