São Paulo – O descompasso entre demanda e oferta de profissionais qualificados não está tirando o sono apenas dos recrutadores brasileiros. Em todo globo, 34% das companhias admitem que estão tendo problemas para preencher vagas, segundo levantamento do Manpower Group.

Mas não há motivos para comemorar. O Brasil é o segundo país que mais sofre com a escassez de profissionais qualificados. Aqui, 71% das empresas estão padecendo com este problema. No Japão, primeiro colocado na lista, a questão afeta 81% dos empregadores.

E, surpresa, no Brasil, os engenheiros não são os mais difíceis de encontrar. Eles perdem para os profissionais super especializados de nível técnico e trabalhadores de serviços manuais, como eletricista, carpinteiro e encanador, por exemplo.

Nas Américas, os engenheiros ainda são os principais moscas brancas (ou aquele tipo profissional que de tão especializado (e demandado) raramente está disponível no mercado). No mundo, eles estão na segunda posição entre os profissionais mais raros. Motivo? O ensino básico de muitos países ainda deixa a desejar nos currículos da área de exatas.

Ao redor do globo, o que preocupa mesmo é encontrar os profissionais especializados em serviços manuais. “O foco do sistema educacional universitário em um sistema de quatro anos resultou no declínio os programas vocacionais e técnicos”, afirma o documento. Por conta disso, uma nova geração de profissionais focados em atividades manuais não está entrando no mercado de trabalho.

Os mais raros no Brasil Os mais raros no mundo
1. Profissionais especializados de nível técnico 1. Profissionais que fazem trabalhos manuais que exigem especialização
2. Profissionais que fazem trabalhos manuais que exigem especialização 2. Engenheiros
3. Engenheiros 3. Representantes de vendas
4. Motoristas 4. Profissionais especializados de nível técnico
5. Operadores de produção 5. Profissionais de Tecnologia da Informação
6. Profissionais de finanças e contabilidade 6. Profissionais de finanças e contabilidade
7. Representantes de vendas 7. Motoristas
8. Profissionais de Tecnologia da Informação 8. Gestores|Executivos
9. Trabalhadores braçais 9. Trabalhadores braçais
10. Mecânicos 10. Secretários e outros profissionais de apoio ao setor administrativo

Tópicos: Contadores, Engenheiros, Engenharia, Oportunidades profissionais, Profissões, Programadores