A cidade de Haia, na Holanda, não é apenas a cidade-sede do mais famoso tribunal internacional do mundo. Também é casa da The Hague Aacademy for Local Governance (Academia Haia de Governança Local), uma organização sem fins lucrativos que promove boas práticas em governança, serviços públicos e desenvolvimento econômico-social, especialmente em países em desenvolvimento.

Um dos programas promovido pela Academia é o Talentos da Governança, que está com inscrições abertas até o dia 29 de janeiro. Voltado a jovens que atuam no setor público, o programa inclui treinamento em práticas internacionais, estágio de uma semana em um município holandês, atividades de networking e elaboração de um plano de ações a ser aplicado em seu país/cidade de origem.

Podem se inscrever profissionais de até 37 anos de idade, que tenham proficiência em inglês e que trabalhem para alguma instância do governo há pelo menos dois anos (tanto representantes eleitos como servidores públicos concursados ou contratados são elegíveis). Também é necessário que o candidato tenha forte motivação e um projeto ou ideia para melhorar o desempenho da organização em que atua. Para isto, é necessário que eles tenham um aval do empregador para participar do programa e implementar as ações do Plano quando retornarem ao seu país de origem.

A bolsa de estudos cobre despesas com matrícula e mensalidade, passagens, acomodação, alimentação e transporte na Holanda, bem como seguros de saúde e viagem. Em contrapartida, a Academia pede aos aprovados uma contribuição de 200 euros, como demonstração de comprometimento com o programa. Saiba mais e faça sua inscrição aqui.

*Este artigo foi originalmente publicado pelo Estudar Fora, portal da Fundação Estudar

Tópicos: Carreira jovem, Bolsas de estudo, Gestão pública, Holanda, Europa, Países ricos