São Paulo - Terminou ontem, 16, o período de inscrições para o maior concurso de professores já realizado pela Secretaria Estadual de Educação, que oferecerá 59 mil vagas. De acordo com um balanço divulgado no final da manhã, 283 mil profissionais já tinham se inscrito.

No último concurso realizado pela Educação, em 2010, foram 260 mil inscrições, o que indica um aumento de pelo menos 8,8%. Dos professores que atuam como temporários na rede, 83,6% haviam se inscrito até o último balanço.

A prova está marcada para dia 17 de novembro nos municípios-sede das 91 diretorias regionais de ensino do Estado. O salário inicial de um professor que leciona para classes de anos finais do ensino fundamental e do ensino médio, com jornada de 40 horas semanais, é de R$ 2.257,84. No início do próximo semestre, já serão chamados 20 mil profissionais.

As vagas serão distribuídas regionalmente - e cada candidato deve indicar pelo menos uma diretoria de ensino onde gostaria de trabalhar.

Conteúdo. No concurso haverá 80 questões objetivas e duas dissertativas. O conteúdo se refere à formação básica do professor e à formação específica de cada disciplina.

Vão participar os educadores que atuam nos anos finais do ensino fundamental e ensino médio nas disciplinas de Arte, Biologia, Ciências Físicas e Biológicas, Educação Física, Física, Filosofia, Geografia, História, Língua Espanhola, Língua Inglesa, Língua Portuguesa, Matemática, Química, Sociologia ou que atuam nas áreas da Educação Especial.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tópicos: Concursos públicos, concursos, Educação, Estado de São Paulo