Aguarde...

Fim de ano | 14/12/2011 12:05

Como se vestir para a festa da empresa

Especialista indica looks de celebridades que podem inspirar seu guarda-roupa

Getty Images

Atendimento-loja-de-roupa

Ao escolher o traje para a festa aposte em cores claras e acessórios

São Paulo – O que vestir? Essa dúvida não se limita à festa de confraternização da empresa. A diferença é que o seu comportamento na festa pode refletir na sua carreira.

Marcele Goes, diretora da Estilo Sob Medida e consultora de imagem pessoal e corporativa, afirma que por mais que seja uma ocasião festiva e o local da festa seja uma boate, por exemplo, a “balada” continua corporativa.

“Mulher erra no decote e no comprimento, já os homens ou ficam formais demais ou tentam inovar fazendo combinações que não caem bem”, explica Marcele.

Combinações de estampas entre camisas e gravatas com personagens de desenhos animados ou temáticos não. “Inevitavelmente pode aparecer uma oportunidade para fazer networking e talvez não seja interessante ser lembrado como o profissional com a gravata de bichinho”, afirma.

Para Lígia Marques, as roupas devem condizer com o seu caráter profissional. Decotes e transparências em excesso não são recomendáveis para as mulheres. Homens devem evitar regatas e bermudas.

Ela sugere trajes informais, mas discretos: calça de sarja, camisa ou camiseta dependendo do estilo da festa. Para mulheres, Lígia indica vestidos e cores alegres durante o dia. Para Marcele, um outro deslize cometido pelas mulheres é se vestirem como se fossem madrinhas de casamento quando a festa não exigia tanta formalidade.

Confira abaixo alguns looks e os comentários da especialista.

Divulgação

Sex and the City

 

Os dois da esquerda são ótimos, repare que o segundo vestido tem um tecido com brilho acetinado mas que não se ajusta ao corpo, isso torna este modelo possível de ser usado.

Para uma festa corporativa uma forma de diferenciação mais acertada pode ser o uso de um vestido simples combinado a acessórios mais extravagantes.

O vestido de Sarah Jessica Parker (segunda da esquerda para direita) tem um tecido com brilho acetinado mas que não se ajusta ao corpo.

O vestido preto seria adequado se não fosse tomara-que-caia. O modelo tomara-que-caia depende muito da estrutura do tecido e da modelagem para que comporte totalmente o busto dentro dele e não deixe com o colo exposto demais. Como são muitas variáveis, não é interessante indicar este modelo como uma possibilidade para festas corporativas.

Comentários  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados