Diferenças

São Paulo - Mapear e classificar o comportamento humano, em toda a sua imensa diversidade, é uma missão ambiciosa.

Mesmo assim, cada vez mais empresas têm usado testes psicológicos para encontrar padrões de personalidade, e assim recrutar e treinar profissionais de acordo com suas características pessoais.

A classificação MBTI (Myers-Briggs Type Indicator) é um desses recursos. Criada pelas estudiosas norte-americanas Katherine Briggs e Isabel Myers, a teoria se baseia nos tipos psicológicos descritos pelo psiquiatra suíço Carl Jung.

Para Adilson Souza, professor da ESPM e fundador da Estação RH, o indicador tem grande aplicação prática, inclusive no mundo corporativo. 

Nesta galeria, apresentamos os 16 tipos de personalidade previstos pelo MBTI, seguidos dos comentários de Adilson sobre as características de cada um no mundo do trabalho, e algumas profissões adequadas para cada tipo. Clique nas fotos para conhecê-los.

Como funciona?

O indicador se baseia em quatro eixos de preferências psicológicas.

O primeiro está ligado ao “mundo favorito” de cada pessoa: se ela se concentra no exterior, sua característica é a extroversão (E); se favorece sua vida interior, é a introversão (I).

A segunda divisão é entre sensação (S) e intuição (N). No primeiro caso, o foco está na informação básica que se recebe do mundo. Já os intuitivos acrescentam interpretações e significados subjetivos a suas percepções.

Na hora de tomar uma decisão você prefere a lógica e a consistência ou dá atenção ao aspecto humano e pessoal da questão? Dependendo da resposta, o seu tipo psicológico conterá pensamento (T) ou sentimento (F).

Por fim, você pode ter traços de julgamento (J),  tendência ligada à tomada categórica de decisões, ou percepção (P), relacionada à abertura a novas informações e opções antes de “bater o martelo”.

Todas as combinações possíveis entre essas características resultam num universo de 16 tipos psicológicos, tais como INTF, ESTJ, INTP e assim por diante. Para ver a descrição de cada um, clique nas fotos.

Atualização (26/jun/2015) — Conforme informado através de notificação da empresa Fellipelli Instrumentos de Diagnósticos e Desenvolvimento Organizacional Ltda., o texto anteriormente publicado apresentava um link que direcionava para uma página não licenciada do método MTBI criado por Myers-Briggs, cujos direitos autorais no Brasil são licenciados exclusivamente para a mencionada empresa. Por isso, removemos o link.

Tópicos: Carreira e Salários, Carreira, Comportamento, Dicas de Carreira, Profissões, Psicologia