Em pleno ano de crise, algumas pessoas abençoadas conseguirão uma grande oportunidade no mercado de trabalho. Sabem elas que atitude e nova linguagem serão necessárias. Vem, então, a conhecida reflexão: “Como aperfeiçoar minha linguagem?”

De acordo com o dicionário Aurélio, a palavra Linguagem, substantivo feminino, refere-se ao uso da palavra articulada ou escrita como meio de expressão e de comunicação entre pessoas; é também a forma de expressão pela linguagem própria de um indivíduo, grupo, classe, etc.

Como a nossa forma de expressão não apenas se refere à palavra escrita, vamos a alguns pontos:

1. VESTIMENTA
Estude muito a ideologia de sua nova empresa; espelhe-se em executivos coerentes da sua área e note como esses seres de sucesso vestem-se. É natural que - até um determinado momento da vida – não nos preocupemos com a linguagem da vestimenta. No entanto, o desleixo (para a maioria dos cargos) causará péssimas impressões.

A tríade “barba, cabelo, bigode” exige muita atenção.

2. ESCRITA CRIATIVA NAS MÍDIAS SOCIAIS
Seja como executivo em Tecnologia da Informação, seja como um estagiário, as mídias sociais têm o enorme poder de lapidar seu poder de comunicação com o cliente. Mostre-se sensato, humano, estudioso, literato, interessado em espalhar conteúdo.

Exemplo: em uma planilha, separe os dias da semana e relacione cada dia a um sentimento e/ou habilidade. Escreva sobre isso; programe suas mídias sociais; em breve, o hábito melhorará sua escrita e sua palavra terá ampla divulgação.

3. HANGOUTS, PERISCOPE, VÍDEOS
Se realmente você almeja (ou mesmo já alcançou) um bom espaço profissional, já se posicione como um executivo de sucesso: não tenha medo de câmera e procure – a cada dia mais – a postura jornalística para se comunicar com o cliente.

Você já assistiu a um vídeo seu? Como é sua dicção? O sotaque é excessivo? Não são “oito” nem “oitenta”, pois o som pode dar tons caricatos a sua imagem.

É preciso estar atento à expressão facial; tenha muito cuidado com o franzir da testa.

Veja a câmera como um ente querido; transmita paz, serenidade, segurança, energia, sabedoria ao gravar um vídeo.

4. LÍNGUA
Como sempre digo aos meus alunos: saber gramática no Brasil é garantia de “ir além”. Desvencilhar-se de vícios (orais ou escritos), muletas linguísticas, conhecer os sinais de pontuação, os casos de concordância, colocação pronominal, conjugação verbal, crase são habilidades necessárias.

E-mails elegantes, slides bem-feitos (sintéticos), letra legível escancaram portas.

Um abraço, até a próxima e siga-me pelo Instagram!


Diogo Arrais
@diogoarrais
Professor de Língua Portuguesa – Damásio Educacional
Autor Gramatical pela Editora Saraiva

Tópicos: Dicas de Português, Gramática