Aguarde...

Roteiro | 10/01/2013 06:00

9 perguntas para responder antes de mudar de emprego

Confira o que você deve ponderar, na opinião de dois especialistas, antes de bater o martelo em relação a aceitar ou não uma proposta de emprego

Getty Images

qual direção seguir?

São Paulo – Assim como em um negócio, definir um plano estratégico para a sua vida profissional é essencial para encurtar o caminho até o sucesso, na opinião de especialistas. “É preciso pensar na carreira como se ela fosse uma empresa que tem valor a agregar para o mercado”, diz Leonardo Ribeiro, diretor regional do Rio de Janeiro da Fesa.

E a decisão do caminho a trilhar no mundo corporativo - com base nas oportunidades profissionais que vão surgindo ao longo da carreira - é parte essencial deste planejamento, na opinião de especialistas.

“Aceitar uma proposta de trabalho levando em conta apenas o salário é pensar apenas no curto prazo”, diz Antônio Luiz Mendes de Almeida, representante da Dale Carnegie no Brasil.

De acordo com os dois especialistas, profissionais devem responder a algumas perguntas antes de bater o martelo sobre aceitar ou não uma proposta de emprego. Confira quais são:

1 Onde eu quero estar em 5 anos e em 10 anos? Qual é a trilha de carreira, que quero seguir?

A primeira pergunta a ser respondida, na opinião de Ribeiro, está relacionada ao plano de carreira, propriamente dito. Deixe de pensar apenas nos próximos meses e imagine o lugar e a posição profissional que você quer atingir no médio e longo prazo. “O profissional tem que saber o que ele quer e se planejar para chegar lá. Sem isso, ele corre riscos”, diz Ribeiro.

2 A empresa e função exercida se encaixam neste meu plano de carreira?

Aceitar esta oportunidade profissional vai ao encontro do que você planeja para a sua vida profissional? Pense nas habilidades e competências que você já tem e que vai desenvolver na função profissional que será exercida na empresa.

Por exemplo, digamos que a oportunidade em questão seja para comandar uma nova unidade negócios de uma empresa a ser instalada em outro país. Se uma experiência internacional integra o seu plano de carreira, aceitar a proposta pode ser a melhor coisa a fazer. “Se o profissional considerar que vai agregar um valor interessante, vale a pena”, diz Ribeiro.

Por outro lado, se o mercado em que você está inserido está em expansão no Brasil e você tem grandes chances de crescimento na atual empresa, talvez não seja o momento de “mudar de barco”, explica Ribeiro. “Pode não ser interessante agora, o profissional tem que pensar no planejamento que ele montou para a carreira”, diz Ribeiro.

 

Comentários  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados