Aguarde...

Deslocamento | 09/10/2012 06:00

8 sugestões para aproveitar o tempo de casa até o trabalho

Recursos tecnológicos podem ser aliados no melhor aproveitamento deste tempo, considerado perdido por muitas pessoas, dizem especialistas

Claudio Edinger

Congestionamento em São Paulo

Tempo perdido no trânsito pode ser transformado em tempo ganho, dizem especialistas

São Paulo - A tecnologia transforma-se em grande aliada quando o assunto é aproveitar melhor o tempo de trajeto casa-trabalho-casa. Usar este período diário de maneira dupla, ou seja, escolhendo alguma outra atividade que seja possível fazer enquanto você se desloca, pode mudar sua percepção do tempo de trajeto. “Hoje, toda a tecnologia possibilita fazer algo útil nesses momentos de deslocamento”, diz Fernando Serra, diretor acadêmico da HSM Educação e especialista em administração do tempo.

Em vez de “perder”, por exemplo, duas horas todos os dias no deslocamento, você passa a ganhar este tempo para investir em você. “A partir do momento em que eu aceito que vivo numa grande cidade e que o trânsito, infelizmente, é parte integral da minha rotina, acabo por me adaptar para diminuir meu nível de estresse, de desgaste emocional”, diz Andrea Piscitelli, consultora e especialista em administração do tempo.

A dica, de acordo com os dois especialistas, é entender o que é útil para você. “Eleger uma prioridade é o principal critério”, diz Serra. É o trabalho? Os estudos? Os relacionamentos? Descansar? “Vale lembrar que investimento pessoal não é apenas necessariamente fazer algo intelectualmente produtivo; entendo investimento pessoal como cuidar do equilíbrio da mente. Uma pessoa mais resiliente, equilibrada emocionalmente e feliz tem inúmeras vantagens competitivas no mercado de trabalho e sai à frente em processos de tomada de decisão, apresentação pessoal, de projetos e até de liderança”, diz Andrea.

Por isso, tenha em mente o que é mais importante para você neste momento antes de decidir o que fazer. Confira também as nove sugestões dos especialistas.

1 Grave suas ideias

Boas ideias podem surgir a qualquer momento. Seja dirigindo, andando de táxi, de ônibus, de metrô ou a pé, é fato que o ideal é guardá-las no instante em que surgem. Como nem sempre é possível anotar, gravar pode ser uma boa pedida. Fernando Serra conta que na época em que trabalhava em uma multinacional no Rio de Janeiro gastava uma hora em meia em deslocamento entre a zona sul do Rio e a Baixada Fluminense. “Certa vez, um belga, que era gerente da empresa, me deu um gravador de presente e disse: durante este trajeto você deve ter um monte de ideias. Grave”, diz o especialista.

2 Coloque a leitura em dia

Se você não é responsável pela condução de um veículo durante o trajeto, pode separar um livro para ser o seu acompanhante no deslocamento, indica Serra. “Tenho um Kindle e leio artigos. Quando viajo de avião, às vezes é possível ler um livro na ida e outro na volta”, diz Serra. Este recurso também vale para pedestres e motoristas. “Hoje em dia, existem áudio-livros de inúmeros assuntos. De meditação a livros narrados”, lembra Andrea.

Comentários  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados