Aguarde...

Educação | 03/01/2012 10:59

8 passos para encarar o processo de seleção de MBA em 2012

A preparação para os processos de admissão das principais escolas de negócios do mundo leva, pelo menos, seis meses

L.A. Cicero / Stanford News

Jovem estudando

Aluno da Universidade de Stanford: treino para o GMAT e exames de proficiência em língua estrangeira é o primeiro passo para entrar no MBA

São Paulo – Quanto o assunto é carreira, a resolução de ano novo nem sempre se materializa totalmente logo nos primeiros dias do ano. Decidir fazer um MBA fora do Brasil, por exemplo, é um desses planos que levam tempo para sair do papel.

“Primeiro porque a pessoa tem que gastar uns cinco meses para se preparar para os testes. Depois, que leva cerca de duas semanas para preencher os formulários de cada escola”, diz Ricardo Betti, da MBA Empresarial.

Com isso, se você começou a cogitar fazer um MBA fora do país em 31 de dezembro, se correr, só estará apto para se inscrever em outubro – quando começam os primeiros turnos da seleção para os programas das principais escolas de negócios do mundo.

A maioria dos brasileiros, no entanto, opta por fazer as inscrições em janeiro, quando acontece o segundo turno de seleções. O último, que é realizado por volta de março e abril, não é recomendado para alunos estrangeiros. Motivo? Sobra pouco tempo para tirar o visto até o início das aulas, já no segundo semestre do ano.

Veja a seguir os passos para superar a saga por uma vaga nos programas de MBA mais concorridos do mundo. Mas, atenção, cada item abaixo não deve ser feito isoladamente se a sua intenção é entrar no MBA já em 2013:


 1 Encare o GMAT e os testes de proficiência em língua estrangeira

Primeira lição para tirar o processo de seleção de MBA de letra? Não subestimar o GMAT (. Obter uma boa pontuação no teste não garante sua vaga no programa de MBA, mas tem a capacidade de abrir algumas portas nas melhores escolas de negócios do mundo.

Ao todo, a prova possui 3 horas e meia de duração. Parece muito, mas acredite: o tempo é curto para superar as 78 questões mais os dois ensaios que compõem a prova. Encará-las exige cerca de cinco meses de treino.

Além do GMAT, todas as escolas de negócios exigem também testes de proficiência em língua estrangeira para candidatos de outros países.
Nesse momento, a dica é priorizar os treinos para a prova do GMAT. “Ao estudar para o GMAT, o candidato já se prepara para 2/3 do teste de proficiência em língua estrangeira”, diz Betti.

Comentários  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados