* Escrito por Rosangela Souza, fundadora e sócia-diretora da Companhia de Idiomas e da ProfCerto

Se você ama séries de TV ou de serviços online como a Netflix, já deve estar acostumado a ler informações em inglês sobre temporadas, cancelamentos ou curiosidades sobre as suas produções preferidas.

Essa é uma forma muito divertida e eficiente de aprender o idioma: explorando temas de interesse pessoal.

A seguir, você verá 8 termos tipicamente usados para falar sobre o mundo das séries.

O vocabulário pode ser útil até para quem não gosta muito desse tipo de entretenimento, porque algumas palavras são usadas em outros contextos, até nos negócios.

Confira:

1. Spin-off
No mundo corporativo, spin-off descreve uma nova empresa, que nasceu graças a um grupo de pesquisa de uma outra empresa (spin-off corporativa) ou graças a um grupo de pesquisa de uma universidade (spin-off acadêmica). No universo das séries, o termo define uma série derivada de outra. "Fear the Walking Dead", por exemplo, conta a origem da série "The Walking Dead". Neste caso é um prequel spin-off, pois conta a história do que aconteceu antes da série-mãe. E quem se lembra de "Joey", uma série que tentou explorar o personagem de Friends? Não durou muito, mas era um sequel spin-off, pois contava a história do que aconteceu depois da série original.

2. Crossover
Há várias definições de crossover, da eletrônica à biologia, geralmente designando algo que se mistura. Na literatura, Jô Soares fez crossover em "O Xangô de Baker Street", quando juntou na mesma história Sherlock Homes e Jack, o Estripador. Então, um crossover ficcional ocorre quando dois ou mais personagens de diferentes universos interagem em uma outra história. No mundo das séries isso já aconteceu. Personagens de "Bones" e "Sleepy Hollow "se encontraram em um episódio especial, que começou em "Bones" e terminou em "Sleepy Hollow", por exemplo.

3. Cliff-hanger
Cliff significa penhasco, precipício. To hang pode ser pendurar. Hanger, cabide ou aquilo que segura. Imaginou a cena? Cliff-hanger é então o suspense criado no final de um episódio, ou o gancho, que corta a história em um momento crítico, motivando você a assistir o próximo episódio.

4. Plot twist
Plot quer dizer enredo. Twist quer dizer guinada, mudança repentina, volta. Um plot twist é uma grande mudança na história, geralmente com um único evento que muda tudo.

5. Pilot
Esta parece fácil, é o episódio piloto. Mas nem sempre o pilot é o primeiro episódio que você assiste. Trata-se de uma espécie de demo, ou seja, ele é produzido para vender a série a canais de TV. Pode ter até um resumo da primeira parte da história.

6. Hiatus
Hiatus pode ser definido como uma interrupção (“After a 5-year hiatus from writing, he’s back"). No contexto das séries, é aquela pausa de algumas semanas para descanso dos atores e produtores, mas não necessariamente o fim da temporada.

7. Fall season
Fall aqui significa outono. Então, é a esperada temporada de outono, ou a alta temporada, em setembro (outono americano). Descreve o período em que a maioria das novas séries ou novas temporadas são iniciadas, para alegria dos fãs.

8. Spoiler
Este termo está ficando super comum. To spoil é estragar, mimar. Você pode “spoil a dish” ou “spoil a child”. Spoiler é quem estraga o seu prazer de assistir algo até o fim, porque conta o fim para você.

Rosangela Souza é fundadora e sócia-diretora da Companhia de Idiomas e da ProfCerto. Também é professora de técnicas de comunicação, gestão de pessoas e estratégia no curso de Pós-Graduação ADM da Fundação Getulio Vargas. 

Tópicos: Inglês