Aguarde...

Recém-chegados | 27/07/2012 10:30

6 erros mais comuns nos primeiros dias de trabalho

A primeira impressão é a que fica. Novatos devem ficar atentos para evitar que deslizes prejudiquem sua imagem

Dreamstime

Homem com a mão no rosto indeciso

Desafio dos novatos é causar uma boa impressão. Alguns deslizes não têm volta

São Paulo- Conquistar uma nova oportunidade de emprego é apenas o primeiro passo. Após a aprovação no processo seletivo, o desafio para o recém-chegado é se adaptar à nova empresa e causar uma boa impressão em seus colegas. Confira as gafes mais frequentes e saiba como evitá-las:

Ansiedade para além da conta

É a grande vilã dos novatos e coloca em risco a nova etapa da carreira. Falar demais com objetivo de se entrosar logo em algum grupo da empresa é um erro comum.

O mesmo vale para comentários sobre a vida pessoal. Ninguém deve chegar falando sobre seus problemas familiares ou questões íntimas.“A sabedoria popular recomenda: devemos falar à medida que formos perguntados, caso contrário, desculpe a sinceridade, ninguém está interessado em você”, diz a consultora de etiqueta empresarial, Romaly de Carvalho.

Reclamar das dificuldades

É um tiro no pé. “Ao apresentar um problema devemos mostrar as possíveis variáveis para solucioná-lo”, diz Romaly. É importante manter uma atitude positiva e mostrar que tem jogo de cintura para lidar com as adversidades no ambiente profissional.

Falar mal da ex-empresa ou do ex-chefe também é um péssimo cartão de visitas para o recém-chegado. Além de antiético, pode dar a entender que o novato tem problemas de relacionamento.

Chegar atrasado

Pecar na pontualidade é um dos deslizes clássicos e um dos mais prejudiciais à imagem do recém-chegado. “Quem não tem compromisso com horário, será visto assim: sem responsabilidade”, diz Romaly.

A partir de cinco minutos, o atraso já começa a ser notado. O profissional deve mostrar que está comprometido com a nova etapa da carreira e chegar na hora ou até mesmo um pouco antes.

Comentários (0)  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados