Aguarde...

Plano de Carreira | 24/01/2012 07:25

4 dicas para se tornar um profissional global

Especialistas recomendam focar para obter a proficiência da língua inglesa e vivenciar outras culturas

Stock.xchng

Executivo segurando globo

Para ter um perfil global é preciso ser curioso e capaz de lidar com culturas organizacionais diversas

São Paulo – O que é preciso para trabalhar na Índia, China, Europa ou nos Estados Unidos? Além da vontade, domínio de mais de um idioma e capacidade de se adaptar em diferentes culturas organizacionais.  Estes são pré-requisitos para qualquer profissional que queira se aventurar mundo afora.

“O mercado busca profissionais com boa formação acadêmica, partindo do pressuposto que o inglês esteja no currículo, esperam o domínio de uma segunda ou terceira língua”, explica Ana Guimarães, gerente da divisão da FSG da Robert Half.

1 Descubra qual é o seu objetivo

Para Augusto Puliti, diretor executivo da Michael Page, o profissional deve fazer uma autoanálise para identificar quais competências técnicas e comportamentais julga que precisa melhorar ou não. A reflexão é indispensável, porque muitas vezes, o profissional deseja trabalhar no exterior, mas não necessariamente se mudar com a família e permanecer lá.

2 Analise as oportunidades internacionais de sua empresa

Entenda como é a atuação da sua empresa internacionalmente. “Há companhiasque trabalham com projetos de curta duração e outras que demandam que o profissional viaje a cada duas semanas. É preciso saber claramente o que você quer buscar com a experiência e para onde quer ir”, explica Puliti.

Comentários  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados