* Escrito por Rosangela Souza, fundadora e sócia-diretora da Companhia de Idiomas e da ProfCerto

Não aprendemos inglês apenas na sala de aula: o contato com o idioma pode ser alimentado todos os dias com o que está ao seu redor.

"Gamification" é um desses temas que fazem parte do dia a dia e que podem ser um estímulo interessante para o aprendizado. Você sabe o que significa esse conceito? Segue uma definição em inglês:

“Gamification is the application of game-design elements and game principles in non-game contexts”.

A aplicação de elementos e princípios de jogos em contextos não-lúdicos é algo que já conhecemos. Toda vez que ganhamos pontos no "Multiplus", um selo de "Colaborador Mestre" no Trip Advisor, um feedback no "Runastic" ou participamos de qualquer coisa parecida com jogo, mas que não o é ou não o era até bem pouco tempo, isso pode ser gamification.

Entendeu o conceito? Agora um pouco do idioma. Na frase acima em inglês, há vários termos que funcionam como adjetivos, caracterizando os substantivos “elements”, “principles” e “contexts". Veja:

game-design elements
game principles
non-game contexts

Em português, costumamos usar longas frases explicativas. Se sabemos inglês mas não temos o domínio do idioma, poderíamos descrever a frase desta forma, por exemplo:

“Elements that are designed according to game design principles”.

Um americano, porém, possivelmente diria: "game-design elements”

Bem mais simples e curto, não? Vale a pena estudar esse tipo de estrutura.

Veja agora outra frase sobre o conceito de "gamification":

“Gamification techniques strive to leverage people’s natural desires”

Preste atenção nestes dois verbos:

to strive = to try very hard to do or achieve something
to leverage = to enhance, as if by supplying with financial leverage

“To strive” significa “esforçar-se” ou “lutar para conseguir algo”

“To leverage” quer dizer "alavancar", tanto no sentido de dar suporte, quanto no sentido financeiro. Empresa alavancada (leveraged company) é aquela que usa capital de terceiros em sua estrutura de capital, ou seja, que tem dívidas relevantes.

Agora que você aprendeu ou revisou “to strive” e “to leverage”, vamos pensar:

What are the people’s natural desires that gamification strives to leverage?

Seguem algumas opções de resposta:

- Socializing/Connection
- Learning
- Challenge/Competition
- Feedback/Achievement
- Status
- Self-expression
- Altruism

Quer ir além? Sugiro mais alguns temas ligados ao conceito de gamification para você discutir com colegas de trabalho, professores e outros estudantes da língua inglesa:

- Why are we better in games than we are in real life?

- The opposite of play is not work. It is depression.

- “In every job that must be done, there is an element of fun. You find the fun and… Snap! The job is a game!” (Mary Poppins)

As fonte usadas neste artigo, que você pode consultar se quiser, são os sites InvestorWords e Merriam-Webster, além do livro "Gamification at Work: Designing Engaging Business Software". 

Rosangela Souza é fundadora e sócia-diretora da Companhia de Idiomas e da ProfCerto. Também é professora de técnicas de comunicação, gestão de pessoas e estratégia no curso de Pós-Graduação ADM da Fundação Getulio Vargas. 

Tópicos: Inglês