Microsoft atualiza política de licença paternidade e maternidade

Anúncio foi feito um dia depois da Netflix afirmar que oferecerá até um ano de licença remunerada para pais e mães

A fim de reter talentos da tecnologia, a Microsoft acaba de atualizar sua política de licença maternidade e paternidade para funcionários. O anúncio foi feito um dia depois de a Netflix afirmar que oferecerá até um ano de licença remunerada para pais e mães.

Com a novidade, os pais que acabarem de ter um filho terão 12 semanas de licença remunerada. As mães também poderão usar as oito semanas de maternidade paga das quais já tinham direito com o acréscimo dessas 12 semanas, totalizando 20 semanas de licença.

Além disso, para que as funcionárias possam se planejar melhor antes de ter o bebê, a Microsoft dará duas semanas de folga antes da data do parto. Todos os pais poderão escolher se preferem tirar a licença continuadamente ou dividida em dois períodos.