LinkedIn revela os 25 empregadores mais desejados por brasileiros

Rede social analisou a atividade de milhões de usuários para identificar as empresas em que eles mais gostariam de trabalhar. Veja o ranking

São Paulo — O LinkedIn acaba de divulgar uma lista com os 25 empregadores mais desejados no momento pelos profissionais brasileiros. O 1º lugar ficou com o Grupo Pão de Açúcar (GPA), cuja página na rede social é seguida por mais de 270 mil pessoas.

Os critério usados no ranking são o volume de buscas pelo nome da companhia no LinkedIn, bem como métricas de interação e engajamento dos usuários com as páginas de cada empresa. O período analisado foi de fevereiro de 2016 a fevereiro de 2017.

Os setores de bens de consumo, tecnologia, varejo e serviços financeiros foram os que mais apareceram na lista.

Segundo Guilherme Odri, editor da rede social, muitos empregadores têm usado suas páginas oficiais para divulgar informações importantes, interagir com potenciais candidatos e recrutar. Do ponto de vista do usuário, a plataforma pode encurtar o caminho até oportunidades profissionais e funcionar como “vitrine” da cultura e dos valores das empresas em que cogitam trabalhar.

“Cada vez mais as pessoas desejam empregadores que combinam com elas e oferecem um espaço em que elas se sentem felizes”, afirma o editor do LinkedIn. “Daí a importância de as empresas mostrarem suas características como empregadoras e o que esperam dos seus funcionários por meio das suas páginas”.

O profissional também precisa estar atento para aproveitar bem as possibilidades de diálogo com empregadores na rede. Além de ter um bom perfil, diz Odri, ele deve elencar as empresas em que gostaria de trabalhar e começar a seguir suas páginas oficiais para acompanhar notícias, aprender mais sobre sua cultura, interagir com o conteúdo publicado e conhecer as vagas abertas.

Veja a seguir o ranking com as 25 empresas que são as “queridinhas” dos profissionais brasileiros no momento. Informações mais detalhadas sobre o desempenho de cada companhia não foram divulgadas pelo LinkedIn. Confira:

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Andréa Ferracini

    Ter Inglês fluente ou avançado abre muitas portas de oportunidades profissionais, de viagens e de lazer! Quando buscamos o conhecimento de forma individual, como aprender inglês online, o resultado é multiplicado muitas e muitas vezes! Depois de muita pesquisa encontrei alguns bons sites, como essa página (http://alcanceafluencia.com/) que fornece treinamentos sobre aprendizagem acelerada, Teste para Estilo de Aprendizagem, Estudos Gratuitos, Ebooks, Guias e Dicas para Aprender inglês com Música! Fantástico! O melhor que já vi!