Dólar R$ 3,28 0,39%
Euro R$ 3,67 -0,04%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 0,95% 63.257 pts
Pontos 63.257
Variação 0,95%
Maior Alta 5,04% SMLE3
Maior Baixa -3,99% MRFG3
Última atualização 24/05/2017 - 17:20 FONTE

Fundos voltam a ser boa opção

O ano que vem promete ser bom para fazer aplicações em todos os tipos de fundos de investimento

São Paulo – A maior parte dos fundos de investimento começou o ano com desempenho ruim, refletindo o receio de que a crise financeira internacional atingisse o país com força. Mas não foi isso o que aconteceu e, faltando poucas semanas para a virada rumo a 2010, o desempenho dos fundos está positivo e as perspectivas para o próximo ano são muito boas.

“Os investidores brasileiros amadureceram e estão privilegiando os investimentos de longo prazo”, diz Marcos Villanova, diretor de investimentos do Bradesco, em São Paulo.

A expectativa da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) é de que os fundos aumentem os depósitos entre 12% e 15%. Para confirmar esse crescimento, as instituições financeiras precisam atrair mais clientes e quem vai se beneficiar com isso é você.

Muitas instituições já reduziram os aportes iniciais para quem quer começar a investir em fundos. No Bradesco, por exemplo, existiam fundos nos quais era preciso depositar 20.000 reais iniciais e agora o valor caiu para 10.000 reais. Eduardo Glitz, sócio da XP Gestão de Recursos, acha que a situação pode ficar ainda melhor. “As instituições deveriam diminuir as taxas de administração”, diz.

Bom para todos

No próximo ano, a expectativa é de que os juros básicos da economia, que estão em 8,75% ao ano, subam. Esse movimento deve favorecer os fundos DI e renda fixa. Eduardo Glitz, da XP Gestão de Recursos, acredita que quem quiser ter rendimentos mais altos deve optar por fundos de renda fixa com perfil agressivo.


Outra opção são os fundos multimercado. Já os fundos de ações podem não ter um desempenho tão bom como nos últimos anos. Frederico Mensnik, gestor do fundo de ações Humaitá Value FIA, diz que a bolsa não viverá um oba-oba em 2010, por que as ações já voltaram aos preços justos. Os fundos de ações que poderão render mais são aqueles ligados a empresas com boa governança corporativa.

Há boas notícias também para quem investe em fundos de previdência. Eles receberam autorização para colocar até 10% do seu patrimônio em fundos multimercado. O mesmo porcentual pode também ser aplicado em fundos imobiliários. Mas o evento mais importante para os investidores em 2010 será a utilização da Análise de Portfólio do Investidor (API), que está em desenvolvimento pela Anbima em parceria com a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que será adotada pelas instituições financeiras em janeiro de 2010.

O sistema vai padronizar as avaliações de perfil dos investidores, permitindo uma adequação de cada investimento. 
A única ressalva dos analistas para 2010 é a possibilidade de uma insegurança no mercado financeiro sobre regras de investimento.

A criação do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) sobre as aplicações de investidores estrangeiros em bolsa e renda fixa não vai atingir diretamente o aplicador local, mas pode interferir no fluxo de entrada de dinheiro no Brasil. Se isso ocorrer, os rendimentos podem ser afetados, principalmente da bolsa, que historicamente tem seu desempenho alavancado pelos investidores estrangeiros.

Nas próximas páginas você poderá escolher o melhor fundo para investir em 2010 entre 350 produtos analisados e classificados pelo Centro de Estudos em Finanças da Fundação Getulio Vargas de São Paulo. Também vai conhecer a história e a estratégia de pessoas que estão ganhando muito dinheiro com fundos de investimento.