Dólar R$ 3,27 -0,31%
Euro R$ 3,66 0,07%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 1,80% 63.791 pts
Pontos 63.791
Variação 1,80%
Maior Alta 6,73% SMLE3
Maior Baixa -3,37% MRFG3
Última atualização 24/05/2017 - 14:22 FONTE

Esta é a prova de que postar no LinkedIn pode deixá-lo “famoso”

LinkedIn acaba de divulgar ranking inédito no Brasil com os usuários cujos textos tiveram mais repercussão neste ano

São Paulo – Com 27 milhões de perfis de brasileiros, o LinkedIn acaba de divulgar uma lista inédita por aqui: a de usuários cujos artigos alcançaram maior repercussão na rede social neste ano.

O ranking Top Voices tem como foco pessoas comuns e que publicam espontaneamente na rede social profissional, ou seja, não são convidadas pela plataforma a escrever, como no caso dos usuários influenciadores.

“Qualquer usuário pode publicar um artigo e é muito simples fazer isso. Desde agosto do ano passado há um botão “escrever artigo” na página inicial”, diz o editor do LinkedIn, Guilherme Odri.

De acordo com ele, é uma oportunidade de dividir ideias com uma audiência interessada em aprender e também em ensinar. Marc Tawill, sócio-diretor da Tawill Comunicação, foi, entre os brasileiros que melhor fez isso, segundo a metodilogia do LinkedIn.

Um dos artigos com maior alcance, “A sua pontualidade diz muito sobre você. A sua impontualidade, mais ainda”, de janeiro, teve mais 12,3 mil curtidas, 1,2 mil comentários e 4,4 mil compartilhamentos.

O engajamento é um dos itens da metodologia do ranking, mas não o único. Além de comentários, compartilhamentos e curtidas – sendo esse último item o de menor peso entre os três – o crescimento de seguidores relacionado à atividade na rede (textos e posts no fead) e o número de vezes que os artigos foram destacados nos canais oficiais do LinkedIn também são levados em conta.

Odri também diz que a lista preza pela diversidade de vozes e assuntos já que, semanalmente, são mais de 12 mil artigos publicados em português sobre os mais variados assuntos.

Para quem ainda não se aventurou a escrever na plataforma, a dica é estar em dia com os assuntos mais quentes, segundo o editor. “O usuário não deve fugir do que está acontecendo no mundo e levar em conta que a sua experiência é única, assim como seu ponto de vista”, diz. Casos de plágio são raros mas, às vezes, acontecem, segundo ele.

Além da originalidade, publicar texto com foto é a única exigência técnica que o LinkedIn faz para promover artigos na sua plataforma de divulgação, a Pulse, seu canal de notícias. Confira quem seguiu à risca essas recomendações e conseguiu ótimos resultados com isso:

  1. Marc Tawil

O que faz: sócio-diretor da Tawil Comunicação.

Sobre o que publica: carreira e sociedade

Exemplo de publicação: A sua pontualidade diz muito sobre você. A sua impontualidade, mais ainda

2. Michel Lent Schwartzman

O que faz: CEO da Lent/AG

Sobre o que publica: vendas, tecnologia e empreendedorismo

Exemplo de publicação: Os bastidores de uma contratação, em 7 etapas

3. Matheus de Souza

O que faz: growth hacker na CR.U.SH

Sobre o que publica: sociedade, foco, carreira

Exemplo de publicação: 5 razões pelas quais os melhores colaboradores se demitem — mesmo quando gostam do seu trabalho

4. Flávia Gamonar

O que faz: especialista em marketing , CEO na Hubico

Sobre o que publica: marketing e carreira

Exemplo de publicação: Para todos aqueles que já choraram escondido no banheiro da empres

5. Olívia Bulla

O que faz: jornalista na agência CMA

Sobre o que publica: finanças e economia

Exemplo de publicação: Teto dos gastos mostra força do governo

6. Nana Lima

O que faz: co-fundadora da Think EVA

Sobre o que publica: marketing, publicidade, tecnologia e sociedade

Exemplo de publicação:   O machismo mora nos detalhes

7. Paulo Fernando Silvestre Jr.

O que faz: professor, palestrante

Sobre o que publica: carreira, empreendedorismo, marketing e mídia

Exemplo de publicação: Prepare-se para ficar sem Internet

8. Eden Wiedmann

O que faz: head de novos negócios na Cumbuca

Sobre o que publica: marketing, tecnologia, mídia e internet

Exemplo de publicação:  O submundo do WhatsApp: tem gente ganhando R$ 15 mil (ou muito mais) administrando grupo

9. Murillo Leal

O que faz: pensador

Sobre o que publica: carreira, sociedade, produtividade

Exemplo de publicação: Ter emprego para pagar contas não faz sentido

10. Marina Menezes

O que faz: editora executiva no Nexo

Sobre o que publica: notícias

Exemplo de publicação: O dinheiro das privatizações paulistanas. A nova cara da maior cidade do Brasil. A fragmentação partidária revelada pelas eleições…

11.Nadja Santos

O que faz: comunity manager na Movile

Sobre o que publica: marketing, sociedade, política, mídia e carreira

Exemplo de publicação:  É impossível ser bem sucedido sozinh

12.Gustavo Tanaka

O que faz: empreendedor, co-criador do Quintal de Trocas

Sobre o que publica:  empreendedorismo e carreira

Exemplo de publicação: Quando me dei conta de que aprendi tudo errado

13. João Paulo Pacífico

O que faz: fundador na Gaia

Sobre o que publica: liderança e sociedade

Exemplo de publicação: Como tornar duas pessoas próximas em 45 minutos, segundo a Univ. de Berkeley

14.Tais Targa

O que faz: recrutadora

Sobre o que publica: carreira

Exemplo de publicação: Dicas para ter sucesso na entrevista por Skype

15. Edney Souza

O que faz: professor na ESPM

Sobre o que publica: educação marketing e sociedade

Exemplo de publicação: Home Office na vida profissional e pessoal, uma modernização necessária