Cresce procura por programadores para smartphones e tablets

HTML5 e Android são os termos mais recorrentes nos anúncios de emprego para profissionais de tecnologia, diz pesquisa

São Paulo – Os anúncios de oportunidades profissionais na área de tecnologia revelam uma tendência que os dados do mercado já sugeriam há um tempo: o perfil de quem trabalha com programação de softwares está, realmente, se aproximando do conceito de mobilidade.

É o que confirma levantamento divulgado recentemente pelo site de empregos Indeed. De acordo com a pesquisa, as palavras chaves HTML5, aplicativo para dispositivos móveis e Android se tornaram mais frequentes nos anúncios de emprego online ao longo de todo ano passado.

Todos esses termos, populares entre os profissionais de tecnologia, fazem parte de um mesmo contexto: a evolução dos mercado de dispositivos móveis ao redor do mundo.

Capitaneado pela popularização dos smartphones e, mais recentemente, pela euforia em torno dos tablets, como o iPad da Apple, essa parcela do setor de tecnologia provocou uma espécie de revolução no mundo dos negócios. Agora, independente do ramo de atuação, todos precisam marcar presença em cada uma dessas plataformas.

A recorrência do termo Android (sistema operacional para smartphones do Google) nos anúncios de emprego online é um exemplo prático de como essa tendência tem impactado o mercado de trabalho do setor. No último trimestre do ano passado, o Android assumiu a liderança do mercado de sistemas operacionais para celulares inteligentes. Segundo pesquisa da Canalys, no período, foram vendidos 32,9 milhões de aparelhos com o sistema operacional do Google contra 31 milhões de modelos Symbian, tradicional líder do mercado até então.

Como consequência direta, no mesmo período, a palavra Android apareceu em mais de 10 mil anúncios de emprego nos Estados Unidos. Há dois anos, esse número era de 540 oportunidades de trabalho para profissionais com este perfil.

Convergência
A tendência para os próximos anos é que esta demanda também cresça de maneira relevante no Brasil. Neste contexto, a palavra de ordem é convergência de tecnologias. De acordo com André Asseff, diretor da Desix, é aí que entra em cena o conceito de HTML5. “Ao longo dos últimos anos, foram desenvolvidos alguns padrões que desembocaram nessa especificação global, que pode ser suportada por todos os browsers disponíveis”, diz.


As demandas que chegam à companhia Taxi Labs, especializada na criação de games e aplicativos para dispositivos móveis, é um exemplo disso. De acordo com Leonardo Dias, CEO da empresa, nos últimos seis meses o número de pedidos de projetos que funcionem em qualquer plataforma aumentou consideravelmente.

Para os próximos anos, acredita Dias, a tendência é que os recursos de HTML5 paulatinamente tomem o espaço hoje dominado pela tecnologia Flash. “Os projetos mais sofisticados ficarão relegados ao Flash e os mais simples para HTLM5”, afirma. Fato que exigirá profissionais ainda mais bem preparados para lidar com as duas tecnologias, entre tantas outras.

O crescimento do número de anúncios de emprego com a palavra Twitter também está ligado ao fenômeno de convergência, mas agora, entre programas. “O mercado também precisa de profissionais que saibam inserir as funções do Twitter para outros projetos”, explica o CEO da Taxi Labs.