São Paulo - A Universidade de São Paulo (USP) acaba de deixar o grupo das 200 melhores universidades do mundo, segundo o Times Higher Education.

O ranking, que acaba de ser lançado, coloca a instituição de ensino superior entre as posições 226 e 250. No ano passado, a USP estrelou em 158º.

"A Universidade de São Paulo teve um forte progresso, ao subir 20 posições e alcançar a 158ª posição, mas este ano despencou para a faixa 226-250 como consequência das notas baixas em impacto de pesquisa e reputação", segundo Phil Baty, editor da publicação, escreveu no estudo. 

 Com 86 mil alunos, a USP ganhou nota 47,2 em ensino, 50,8 em pesquisa e 24,9 em reputação global. Para efeitos de comparação, o California Institute of Technology, líder do ranking há três anos, teve respectivamente notas 94,4, 98,2 e 65,8 nestes critérios. 

A Universidade Estadual de Campinas também está mais longe do grupo de elite do levantamento. Em 2012, a Unicamp ficou entre os números 251 e 275 na lista.  Hoje, amarga entre as posições 301 e 350. 

Na contramão da experiência brasileira, os Estados Unidos são representados por 77 instituições entre as 200 primeiras. A Coreia do Sul tem 4 representantes e a China, 2. 

Tópicos: Harvard, Universidades, Ensino superior, MIT, Princeton, Unicamp, USP