São Paulo - Acordar disposto para ir ao trabalho não é algo que acontece sempre. Há dias, em que, sua saúde emocional ou física não estão 100% e a única solução é avisar que, desta vez, não será possível trabalhar.

No ano passado, de acordo com pesquisa do CareerBuilder, 32% dos trabalhadores americanos faltaram ao trabalho - mesmo sem estar doente. Enquanto outros 30% foram ao trabalho mesmo enfermos. 

Fora quem faltou por estar doente, 33% dos profissionais não compareceram ao trabalho por não se sentir dispostos e 28% para relaxar. 

Segundo o levantamento, alguns chefes foram atrás de dados para provar a justificativa dos funcionários ausentes. Deste grupo,  19% checaram as redes sociais. 

Alguns, contudo, capricharam na justificativa para a falta. Veja quais foram os casos mais estranhos de explicações para não aparecer no trabalho nos últimos meses que o CareerBuilder descobriu. Dica: o time de futebol  preferido perder um jogo foi uma delas. 

Tópicos: Carreira e Salários, Carreira, Comportamento, Etiqueta no trabalho, Flexibilidade no trabalho