Na Arup, todos os funcionários são acionistas

A empresa é autora do estádio Ninho de Pássaro, de Pequim

São Paulo – A Arup, uma das principais empresas de projetos de engenharia do mundo, autora do estádio Ninho de Pássaro, de Pequim, e do prédio em forma de pepino, no centro de Londres, pretende aumentar o número de empregados no Brasil — de 33 para 200 até 2020.

Na gestão da Arup todos os funcionários são acionistas da companhia e dividem o lucro. “Isso ajuda a manter a equipe”, diz o diretor Ricardo Pittella. A Arup tem escritórios no Rio de Janeiro e em São Paulo.

Entre os projetos no país estão o plano mestre de Foz do Iguaçu e uma consultoria para o Centro Olímpico de Treinamento da Rio 2016.