A criação de um hábito é a chave para a realização de um sonho

Nos primeiros 21 dias do processo de criação de um hábito, todo o seu sistema nervoso, sua memória e seu senso de identidade irão tentar te impedir

Provavelmente você já deve ter escutado alguém falar que é possível criar um hábito dentro de um período de 21 dias. Mas não é tão simples assim. A partir do momento que você inicia uma nova prática, seja tentar emagrecer ou começar a estudar, todo o seu organismo e sistema nervoso caminham na direção contrária para te tirar do caminho.

Quando você toma uma decisão de mudança e começa uma ação para que isso aconteça, é necessário prestar atenção em alguns pontos. O primeiro deles é considerado um dos mais importantes: começar com cuidado. Se você decide tomar a iniciativa de sair da arquibancada e entrar em campo para jogo, é necessária muita energia para ganhar a partida, mas lembre-se de não se desgastar logo no primeiro lance.

É importante que nesse primeiro dia você escolha uma ação que possa ser sustentável, pois assim como num jogo, se você colocar toda a sua energia logo no primeiro lance, não conseguirá sustentar a partida até o final. A dica é ir aos poucos. Lembre-se: devagar e sempre. Mas não tão devagar, ok? 

Assim como iniciar um treino, começar a estudar não é diferente. Por exemplo: quem for à academia e logo no primeiro dia de treino já começar no nível hard, fazendo 2 horas de esteira e levantando mais peso do que deveria, no dia posterior vai acordar com dores e não conseguirá dar continuidade aos exercícios. Consequentemente, irá se desmotivar e entrar em um ciclo de desistência. 

Com os estudos não é diferente, pois se você está na inércia e nunca se dedicou totalmente aos estudos e logo no primeiro dia já separar 13 horas para estudar, isso se tornará desgastante e você não vai dar continuidade. Portanto, assim como as marchas de um carro, comece engatando a primeira, depois a segunda e assim por diante. Dessa forma, quando chegar na quinta marcha, o carro ficará leve e fácil de conduzir.

É preciso entender que o hábito é um comportamento que a gente faz sem pensar, como, por exemplo, escovar os dentes. É algo que faz parte da nossa rotina e não é uma obrigação. 

Dessa forma, nos primeiros 21 dias do processo de criação de um hábito e mudança de comportamento, todo o seu sistema nervoso, sua memória e seu senso de identidade irão tentar te impedir. Mas é preciso focar no resultado final e manter a força de vontade, já que todos os seus pensamentos irão tentar te tirar do caminho, dizendo: “larga isso e volta para o Netflix que é mais gostoso”, “vai ficar com seu namorado ou jogar vídeo game que é mais divertido”. Ou seja, todo o seu corpo irá tentar impedir a mudança, pois naturalmente ele acredita que é arriscado, e, por medo, prefere continuar fazendo aquilo que tem domínio.

Esse primeiro período para focar nos estudos realmente será desafiador. Mas depois esse processo começará a se tornar simples e natural, te tornando uma pessoa mais concentrada, com hábito de estudo, disciplina e planejamento. 

Durante os primeiros 21 dias de estudo, sua força de vontade deverá puxar seus sonhos, enquanto seu corpo e pensamento serão como uma correnteza tentando impedir que você nade. Após esse período essa correnteza começará a diminuir e só então começará o processo de criação de hábito, até que você se torne mais forte que a maré. 

Se você sobreviver a esses 21 dias, dando seu melhor e com força de vontade, o caminho se tornará mais fácil. É como se você saísse de um labirinto, onde é difícil de andar e encontrar a saída, e entrasse em uma pista de alta velocidade onde logo irá criar asas para voar ainda mais rápido e alcançar o seu sonho.

*Este artigo é de autoria de Victor Ribeiro, criador do treinamento online “Estratégia da Aprovação”, e não representa necessariamente a opinião da revista.