5 tipos de profissionais difíceis de lidar

Confira quais as personalidades complicadas de conviver durante do expediente de trabalho

São Paulo - Profissionais de personalidade complicada tendem a prejudicar o andamento dos negócios, piorar o ambiente de trabalho e tornar a vida dos subordinados um tormento.</p>

Impositivo

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS

Inflexível: nunca abre mão de sua vontade. 
Autoritário: usa o poder como argumento. 
Agressivo: intimida os colegas. 
Egoísta: ignora opiniões, sentimentos e necessidades alheias. 
Destrutivo: faz críticas depreciativas. 
Antipático: tem dificuldade de se relacionar.

COMO LIDAR: Seja assertivo e diga claramente e com firmeza o quanto aquele comportamento agressivo o incomoda e como você quer ser tratado. Além disso, procure entender qual é o motivo da agressividade para deixá-lo seguro e sem necessidade de agredir. Certamente ele vai confiar mais em você e a comunicação será mais tranquila.

Vítima

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS

Negativo: está sempre vendo o lado ruim das situações e dizendo coisas desagradáveis.
Pessimista: não se entusiasma com mudanças e sempre acha que nada vai dar certo.
Insatisfeito: sempre reclama da situação na empresa e das injustiças que sofre.
Folgado: dá um jeito de livrar-se das piores tarefas.

COMO LIDAR: Não alimente a insatisfação das vítimas com comentários negativos sobre a empresa, o trabalho, os colegas e o chefe. Quando elas reclamarem, estimule-as a resolver o problema com a pessoa envolvida na situação que as incomoda. 


Dominador

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS

Argumentador: defende suas ideias com excessivo vigor.
Do contra: sempre discorda da opinião do outro para mostrar que tem razão.
Arrogante: faz muitas objeções e dá a impressão de que quer prejudicar o colega.
Egocêntrico: tem dificuldade de ouvir, só concordando se o argumento do colega tiver respaldo em fatos e, claro, concordar com ele.

COMO LIDAR: Antes de dizer suas ideias, escute com atenção tudo o que ele tem a dizer. O dominador precisa sentir que suas ideias foram ouvidas. Quando for conversar com ele, esteja preparado com dados convincentes.

Passivo

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS

Bonzinho: Cede em prol dos interesses do colega, buscando aprovação.
Permissivo: evita confrontos e se mostra amável e extremamente colaborador.
Desorganizado: não sabe dar limites e se perde em suas atribuições.
Hesitante: não se posiciona em momentos importantes, não dá ideias, não antecipa problemas.
Duvidoso: não assume responsabilidades — nem pessoais nem no trabalho.

COMO LIDAR: Estimule a participação dos passivos, pedindo opiniões e fazendo perguntas para que se posicionem e assumam responsabilidades em relação ao trabalho.

Dissimulado

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS

Inescrupuloso: assume o crédito pelo trabalho dos outros para subir na carreira.
Desonesto: finge amizade e colaboração para obter a confiança do colega e, assim, conhecer as suas fraquezas para usá-las a seu favor.
Desleal: oferece ajuda para demonstrar a fraqueza do colega, sempre em público.
Egoísta: não tem intenção honesta de ajudar o outro.
Bajulador: quando precisa de algo ou de alguém, acha que tem de seduzir, massageando o ego do outro.

COMO LIDAR: Registre tudo o que foi discutido e sempre peça fatos e dados que comprovem aquilo que o manipulador diz.