Dólar R$ 3,27 -0,31%
Euro R$ 3,66 0,08%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 1,60% 62.662 pts
Pontos 62.662
Variação 1,60%
Maior Alta 9,53% JBSS3
Maior Baixa -1,42% EMBR3
Última atualização 23/05/2017 - 17:20 FONTE

11 sites e aplicativos para encontrar vagas de emprego

Em busca de uma oportunidade de carreira? Veja uma seleção de ferramentas de recrutamento que podem ajudar você a encontrar a vaga ideal

São Paulo — Achar emprego em uma época complicada para a economia nem sempre é fácil. Mas existem cada vez mais recursos para facilitar a vida de pessoas que caçam oportunidades profissionais.

Algumas dessas soluções já são consagradas e conhecidas do grande público, como a rede social profissional LinkedIn, ou os sites VAGAS.com e Catho. Mas também há tecnologias mais recentes, tais como o Reachr, espécie de “Tinder” profissional criado em 2016, ou a Talentix, plataforma especializada em videocurrículos lançada em meados de 2015.

Confira a seguir uma seleção de 12 serviços online que podem ajudar você a dar o próximo passo na sua carreira:

1. Jooble

Batizada pela combinação das palavras “job” (“emprego”, em inglês) e Google, o Jooble define a si mesmo como um motor de busca de vagas. A pesquisa se torna mais precisa com a ajuda de um painel de filtros, localizado ao lado esquerdo da tela. O sistema filtra os resultados duplicados automaticamente, de forma que a mesma vaga anunciada em vários sites apareça em um único anúncio de emprego. Também é possível assinar uma newsletter que traz alertas sobre o surgimento de oportunidades adequadas às suas preferências. Acesse o site do Jooble.

2. HireApp

O aplicativo serve para divulgar o trabalho de prestadores de serviços. O sistema cria uma “rede de confiança” a partir dos contatos do usuário e os dos seus amigos. Serve tanto para anunciar o seu perfil para o mercado quanto para contratar colaboradores para o seu próprio negócio. Acesse o site do HireApp.

3. Reachr

Lançada em 2016, esta plataforma de recrutamento funciona com base em algoritmos que investigam afinidades entre empregadores e candidatos. O sistema é similar ao de aplicativos de relacionamento como o Tinder: o objetivo é dar “match”. O serviço é gratuito para quem busca vagas. Colgate, Natura e Decathlon são algumas das empresas que atualmente contratam profissionais pela plataforma. Acesse o site do Reachr.

4. Prolancer

A plataforma oferece vagas permanentes e temporárias com foco em trabalhos remotos, tais como como serviços de programação, web design, tradução e redação. Hoje o site conta com 165 mil profissionais cadastrados e 20 mil empregadores. Acesse o site do Prolancer.

5. d’hire

O site conecta headhunters, empresas e candidatos e promove processos seletivos online. A inscrição para quem procura emprego é gratuita. Quem é contratado recebe um bônus equivalente a 5% da taxa paga pelo contratante. A plataforma também conta com um fórum aberto para troca de informações entre especialistas em recrutamento e empregadores. Acesse o site da d’hire.

6. Talentix

Direcionada especificamente para talentos nas áreas de engenharia e TI, a plataforma produz e hospeda videocurrículos dos candidatos, que servem como entrevistas ou pré-entrevistas para os recrutadores. Para o candidato, há duas modalidades de uso: uma versão simplificada e gratuita do serviço, ou um pacote pago, com recursos mais elaborados. Acesse o site da Talentix.

7. Maturi Jobs

Este é um serviço especializado em vagas para profissionais com 50 anos de idade ou mais. Segundo o site, as oportunidades selecionadas são “trabalhos de todos os tipos, que valorizam a experiência das pessoas maduras”. O candidato pode se cadastrar gratuitamente. O site também oferece dicas sobre networking e entrevistas de emprego para profissionais mais velhos. Acesse o site da Maturi Jobs.

8. Catho

O site hospeda currículos e anuncia vagas em diversas áreas. Entre os recursos gratuitos estão a busca por empregos e o aviso de novas vagas por e-mail. Também é possível assinar a Catho por 7 dias sem pagar nada. A assinatura do serviço permite fazer cursos online e ter acesso ao contato dos recrutadores. O site afirma ter 7 milhões de currículos cadastrados. Acesse o site da Catho.

9. VAGAS.com

A plataforma é totalmente gratuita para o usuário, já que o modelo de negócios da empresa prevê que a receita venha apenas dos contratantes. Há mais de 3 mil empresas cadastradas. Os serviços ao candidato incluem a busca por emprego, alerta de vagas por e-mail, cadastro de currículo e materiais de apoio sobre o seu perfil comportamental. Acesse o site VAGAS.com.

10. InfoJobs

O site oferece ferramentas para que as empresas possam gerir processos seletivos e os candidatos anunciem seus currículos de forma gratuita. Há vagas para diversos setores e níveis hierárquicos. É possível fazer buscas de oportunidades por cargo/área e localidade. Segundo informações oficiais, a plataforma recebe 23 milhões de visitas por mês e conta com 16 milhões de profissionais cadastrados. Acesse o site da InfoJobs.

11. LinkedIn

Além de servir como rede de relacionamento profissional e networking, o LinkedIn também pode ser usado para procurar emprego e se vender para o mercado por meio do seu perfil – que funciona como uma espécie de “anúncio publicitário” de si mesmo. Os headhunters usam filtros bastante específicos para fazer uma busca no banco de dados do LinkedIn. Por isso, é importante incluir o maior número possível de informações sobre si mesmo, como local de residência, cargo ou nível de senioridade, universidade onde estudou, porte do empregador atual etc. Quanto mais abundante o uso de palavras-chave adequadas ao seu perfil, mais chances você terá de ser incluído na filtragem feita pelo recrutador. Quem paga pelo serviço é o contratante, não o candidato. Acesse o LinkedIn.

12. Consultorias de recrutamento

Há uma infinidade de empresas especializadas em recrutamento para o universo corporativo. Os serviços prestados ao candidato costumam incluir cadastro de currículo, anúncio de vagas e apoio para se dar bem nos processos seletivos. Muitas vezes, os consultores também fazem entrevistas e pré-entrevistas. Exemplos de empresas que prestam esses serviços são Hays, Page Group, Robert Half, Randstad Professionals, Talenses, STATO, Produtive, Maxim Consultores, HOUND, People Oriented, FLOW, Cia de Talentos, entre muitas outras.