Voos atrasam e velório na Arena Condá só deve começar às 14hs

Problema vai adiar em cerca de duas horas o início das homenagens na cidade catarinense, na manhã deste sábado

Chapecó – Um atraso da decolagem dos voos que trazem os corpos das vítimas do acidente aéreo da Chapecoense, de Manaus para Chapecó, vai adiar em cerca de duas horas o início das homenagens na cidade catarinense, na manhã deste sábado. Os corpos serão velados em uma aguardada cerimônia na Arena Condá, estádio do time catarinense.

A previsão inicial era de que os três aviões C-130 Hércules da Força Aérea Brasileira (FAB) desembarcassem em Chapecó por volta das 8 horas deste sábado, vindos de Manaus. Porém, em razão do atraso, o primeiro avião só chegará ao aeroporto Serafin Enoss Bertaso às 9h45, de acordo com a FAB.

Com o atraso, as cerimônias também terá início com atraso, em relação à programação inicial. O evento na Arena Condá, que começaria ao meio-dia, agora só terá início às 14 horas. Os portões do estádio, que deveriam ser abertos às 7 horas, só foram liberados para a torcida às 7h30.

A FAB não explicou o motivo do atraso. Vindos de Medellín, os voos com os corpos de 50 vítimas do acidente na Colômbia fizeram uma escala programada em Manaus para reabastecer. A aterrissagem na Base Aérea de Manaus aconteceu por volta das 23h30 desta sexta-feira.

A previsão inicial da FAB era permanecer em Manaus por apenas duas horas, para “reabastecimento e desembaraço alfandegário”. No entanto, os aviões ficaram quatro horas em solo amazonense. Neste período, os corpos foram homenageados por locais e por uma breve cerimônia com a presença do prefeito de Chapecó, Luciano Buligon.