Vídeo de Bolsonaro contra Jean Wyllis é falso, aponta perícia

Eduardo Bolsonaro postou um vídeo com objetivo de comprovar "cuspe premeditado", mas Polícia Civil do DF revelou que imagens não são verdadeiras

Brasília – O vídeo divulgado pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSC-SP), filho de Jair Bolsonaro (PSC-RJ), sobre o cuspe de Jean Wyllys (PSOL-RJ) no parlamentar no dia da abertura do processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) na Câmara não é verdadeiro, revelou uma perícia da Polícia Civil do Distrito Federal.

No dia posterior a aprovação do afastamento da petista na Casa, o filho do Bolsonaro postou um vídeo com legendas de uma conversa inaudível entre Wyllys e Chico Alencar (PSOL-RJ), com o texto “Eu vou cuspir na cara do Bolsonaro, Chico”.

Ao apresentar o vídeo como prova contra Wyllis, Eduardo Bolsonaro teve como objetivo comprovar que o cuspe teria sido premeditado e não uma reação a provocações homofóbicas.

Além de identificar que o vídeo é de um momento posterior ao cuspe, a perícia revelou que a frase dita por Wyllis foi outra.

“Eu cuspi na cara do Bolsonaro, Chico. Eu cuspi na cara do Bolsonaro”, teria dito o deputado, segundo o perito.

Assista ao vídeo publicado pelo deputado Eduardo Bolsonaro:

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Raphael #BOLSONARO 2018

    Tão falso que o próprio Jean Wyllis falou que cuspiu e cuspiria novamente! Fazer o que né.

  2. Thespeakup Voice

    fazer o que? seguir a lei, a ética e o decoro. ou seja: convocar a comissão de ética para investigar o bolsonaro por quebra de decoro. e por falsidade ideológica.

  3. Deputado Jean W… eh uma praga no plenartio… Bix.. so da trabalho…. fora com esta coisa ….