Unesp cria pós em ciências ambientais em Sorocaba

Cursos de mestrado e doutorado terão foco no desenvolvimento sustentável

São Paulo – A Coordenadoria de Aperfeiçoamento de Pessoal de Ensino Superior (Capes) aprovou a criação de um Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais stricto sensu pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), campus de Sorocaba.

De acordo com a universidade, o curso deve contribuir para a formação qualificada de recursos humanos e para o desenvolvimento científico-tecnológico de uma área em consolidação no Brasil.

O pesquisador e o profissional formados pelo programa reunirão conhecimentos técnicos e científicos para atuar em atividades vinculadas ao diagnóstico, tratamento e recuperação ambiental.

Os futuros mestres e doutores poderão trabalhar no ensino e na pesquisa em instituições de ensino superior ou, ainda, em organizações públicas e privadas, propondo e implantando projetos ambientais.

O programa contará com 15 disciplinas: Análise química aplicada a amostras e processos ambientais; Climatologia, hidrologia e estatística aplicada; Ecotoxicologia aquática; Física Ambiental; Gestão ambiental; Gestão de recursos hídricos; Limnologia e ecossistemas aquáticos; Lógica Fuzzy; Manejo e gestão de bacias hidrográficas; Métodos e técnicas de análise espacial de dados ambientais; Modelagem matemática; Processamento de imagens aplicado ao sensoriamento remoto; Recuperação de áreas degradadas; Tópicos especiais em ciências ambientais; e Tratamento de efluentes líquidos.

“São assuntos que fundamentam as premissas do desenvolvimento sustentável e permitem o estabelecimento de níveis desejáveis de qualidade de vida à população”, explicou André Henrique Rosa, coordenador do programa e professor da Unesp em Sorocaba.