TRE ajuiza quatro ações contra candidatos a prefeito do Rio

TRE ajuizou quatro ações por propaganda irregular

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) já ajuizou - nas primeiras horas da manhã de hoje - (2), quatro ações por propaganda irregular decorrentes da operação identificada como "voo da madrugada", quando os candidatos derramaram santinhos em grande quantidade próximo perto das seções eleitorais do Rio. Três dessas ações envolvem os candidatos à prefeitura do Rio, Pedro Paulo (PMDB) e Marcelo Crivella (PRB) e a quarta ação é contra a candidata Jandira Feghali (PCdoB).</p>

As duas ações contra Pedro Paulo envolvem os postulantes à Câmara dos Vereadores Jimmy Pereira  e Roberto Monteiro, enquanto a de Crivella abrange o candidato a vereador Fabiano Jacob. Em todas essas ações, as irregularidades ocorreram no Colégio Professor Mendes de Moraes, na Ilha do Governador, zona norte do Rio.

Mais irregularidades

Já a quarta ação, ajuizada contra Jandira Feghali, envolvendo o candidato à Câmara dos Vereadores, Romário Galvão, ocorreu em frente à Escola Municipal João Corrêa, em Santa Cruz, na zona oeste da cidade.

Os candidatos envolvidos serão notificados pelo TRE-RJ e, a partir do momento em que receberem a notificação, terão 48 horas para se posicionar. Eles estão sujeitos a uma multa de R$ 2 mil a R$ 8 mil ou até a cassação da candidatura, caso o fato se repita em outros pontos da cidade, o que configuraria abuso do poder econômico. A qualquer instante, o TRE do Rio vai liberar um novo boletim com o balanço das ocorrências em todos 92 municípios fluminenses.