Tiroteio no Rio deixa um morto e quatro feridos

Um homem morreu e quatro pessoas ficaram feridas às 6 horas de hoje durante tiroteio na Rocinha, zona sul do Rio

Rio – Um homem morreu e quatro pessoas ficaram feridas às 6 horas desta sexta-feira (25) durante tiroteio na favela da Rocinha, em São Conrado, zona sul do Rio.

O confronto foi tão intenso que a Polícia Militar (PM) decidiu interditar o trânsito nos túneis Acústico e Zuzu Angel, no sentido Gávea-São Conrado. A passagem no trajeto só foi liberada pouco antes das 9h.

O morto foi identificado como José Auri, de 49 anos, comerciante na favela. Policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope) encontraram o cadáver dentro de uma lixeira. O Bope foi chamado para dar apoio aos PMs da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da favela.

Os feridos foram internados no Hospital municipal Miguel Couto, na Gávea. Dois deles – Luis Felipe e Marlon da Silva – já receberam alta. Gustavo Ximenes permanece hospitalizado, em situação estável. Ele foi baleado na mão direita. Atingido no braço direito, Johnny Raimundo também não foi liberado.

De acordo com moradores da Rocinha, a troca de tiros começou em uma festa de confraternização na Praça da Roupa Suja, perto da localidade do Valão, parte baixa do morro. Os relatos indicam que a confusão foi provocada por um policial, que teria desligado o equipamento de som da festa, onde havia cerca de 200 pessoas.. A intervenção do policial teria irritado os traficantes de drogas da comunidade, que teriam reagido à bala, dando início ao conflito.

Já os policiais da UPP apresentaram outra versão. Eles disseram ao comando que foram atacados a tiros por traficantes quando estavam em um ponto de patrulhamento na passarela em frente à favela. Policiais da Divisão de Homicídios da Capital (DH) foram até a Rocinha para investigar o que aconteceu.

O cerco montado pelo Bope resultou na prisão de três homens que tentavam fugir da Rocinha em um táxi. Com eles, teria sido encontrada uma pistola. Os suspeitos foram levados para a 14ª Delegacia de Polícia (DP), no Leblon, zona sul.