Temer faz rodada de conversas para tentar unir base

Em mais uma rodada para tentar unir pelo menos parte da base aliada, inclusive na Câmara, o vice-presidente reuniu-se com deputados

Brasília – Em mais uma rodada para tentar unir pelo menos parte da base aliada, inclusive na Câmara, o vice-presidente da República, Michel Temer, reuniu-se nesta terça-feira com deputados para buscar união em torno das votações.

“Todos os lideres da base demonstraram grandes preocupações sobre a discussão da pauta da Câmara. Todos têm o entendimento de que é preciso fazer esforço coletivo pra evitarmos votação de matérias que onerem, acarretem mais despesas”, afirmou a jornalistas o líder do governo na Câmara, deputado José Guimarães (PT-CE).

Pela manhã, Temer se encontrou com deputados do PT, Pros, PMDB, PSD, PHS, PCdoB, PR e PP. Em seguida, Temer, que é o articulador político do governo, almoçou com os ministros da Fazenda, Joaquim Levy, e do Planejamento, Nelson Barbosa, e lideranças da Câmara e do Senado.

O esforço do governo vem para brecar a pauta bomba proposta pelo presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que declarou rompimento pessoal com o governo e vem travando verdadeira queda de braço com o Executivo, depois de ter sido citado na operação Lava Jato, que investiga esquema bilionário de corrupção na Petrobras e outras empresas.

Na véspera, o governo conseguiu amenizar um pouco o tenso clima político ao fechar a discussão sobre um pacote de medidas proposto pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).

Nesta terça-feira, a presidente Dilma Rousseff afirmou que a agenda de Renan coincide com as propostas do governo.