Temer é alvo de 3º pedido de impeachment em menos de 24 horas

Randolfe Rodrigues (Rede-AP) diz em sua solicitação de impeachment que Temer cometeu crimes de responsabilidade

São Paulo – Mais um pedido de impeachment contra o presidente Michel Temer foi protocolado na manhã desta quinta-feira, 18. Dessa vez, quem protocolou a solicitação de afastamento foi o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

Esse é o terceiro pedido de impeachment apresentado na Câmara dos Deputados em menos de 24 horas. Os deputados João Henrique Caldas (PSB-AL) e Alessandro Molon (Rede-RJ) foram os primeiros a protocolar pedidos de afastamento de Temer. Ambos foram feitos poucas horas depois que o jornal O Globo revelou a gravação em que o presidente dá o aval para a compra de silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

O primeiro pedido de impeachment contra o presidente foi aberto em abril do ano passado. A comissão especial que irá analisar a solicitação ainda não foi instalada na Casa.

Segundo o site G1, Rodrigues diz em sua solicitação de impeachment que Temer cometeu crimes de responsabilidade ao atentar contra o livre exercício do Judiciário e do MP no episódio relatado pelo dono da holding J&F, controladora do frigorífico JBS. Para o senador, o presidente também atuou contra a probidade na administração.

Veja também