Suposto narcotraficante foragido desde 2010 é detido

Polícia Federal deteve o argentino David Julio Ricardo Gil, de 48 anos e que era procurado pela justiça desde 2010

Rio de Janeiro – A Polícia Federal deteve na quinta-feira o suposto narcotraficante argentino David Julio Ricardo Gil, de 48 anos e que era procurado pela justiça de seu país desde 2010, informaram nesta sexta-feira fontes oficiais.

O argentino, que responde a acusações de tráfico internacional de drogas em seu país, foi identificado e detido em Itaparica, cidade próxima a Salvador, em uma operação que envolveu agentes da Polícia Federal e da Interpol.

O estrangeiro estava foragido da justiça argentina desde 2010, quando foi descoberto um laboratório para o suposto refino de cocaína em sua residência, disse a Polícia Federal em mensagem em sua conta no Twitter.

A detenção foi ordenada pelo Supremo Tribunal Federal depois que o governo argentino apresentou a respectiva solicitação de extradição.

Segundo a Polícia, que não sabe informar quando o argentino entrou em território brasileiro, Gil vivia com uma mulher brasileira em uma residência própria na ilha de Itaparica, onde não foi achado nada que possa incriminá-lo.

O suposto narcotraficante, que figurava na lista de procurados internacionais de Interpol, foi conduzido na noite da quinta-feira à Polícia Federal em Salvador.

O estrangeiro será conduzido nesta sexta-feira à penitenciária Lemos Brito da cidade de Salvador e na próxima semana a uma prisão em Brasília, onde deve esperar uma definição de sua situação.