STF autoriza extradição de espanhol acusado de tráfico

Gómez foi detido no Brasil em novembro de 2014 e é acusado na Espanha de captar mulheres com falsas ofertas de emprego para depois explorá-las sexualmente

Brasília – O Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou a extradição do espanhol Enrique Pérez Gómez, procurado pelas autoridades de seu país por tráfico internacional de mulheres para prostituição, informaram nesta quarta-feira fontes oficiais.

Gómez foi detido no Brasil em novembro do ano passado e é acusado na Espanha de captar mulheres com falsas ofertas de emprego para depois explorá-las sexualmente.

O espanhol só será entregue às autoridades espanholas após responder a um julgamento aberto no Brasil e cumprir a eventual sentença que poderá ser aplicada, a não ser que a presidente brasileira, Dilma Rousseff, ordene sua extradição imediata, segundo informou hoje o STF em comunicado.

Segundo o Supremo, Pérez está sendo julgado pela Justiça Federal do Tocantins por acusações similares, tráfico de pessoas com fins de exploração sexual.

Pérez foi detido em 5 de novembro de 2014 na pequena cidade de Niquelândia, no estado de Goiás (centro), onde segundo a polícia estava recrutando mulheres com intenção de prostituí-las.