Sequestro de ônibus em Niterói termina sem vítimas

Um assaltante fez passageiros reféns durante uma hora e depois foi preso pela polícia

São Paulo – Terminou sem vítimas o sequestro a um ônibus em Niterói, no Grande Rio. Um assaltante fez passageiros reféns durante uma hora na manhã desta terça-feira, 21. O homem – que ainda não teve seu nome divulgado – foi preso após a libertação dos reféns.

Ainda não foi divulgado o número total de passageiros que foram mantidos no coletivo. O ônibus da linha 409 (Alcântara-Niterói) ficou parado no acesso à Ponte-Rio Niterói no sentido da capital fluminense, bloqueando o trânsito.

Policiais rodoviários federais e militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope) foram enviados ao local e conduziram a negociação com o assaltante.

O anúncio do assalto foi na Avenida do Contorno, por volta das 8h50, horário de grande movimentação na região, com pessoas indo para o trabalho.

O ônibus não pegaria a ponte em seu trajeto usual. Provavelmente, o coletivo tenha subido o acesso a mando dos assaltantes. Por causa do bloqueio, ocorreu grande engarrafamento em Niterói.