Senador do PT diz que acusações de Joesley enfraquecem governo

O senador Humberto Costa avaliou que a acusação do dono da JBS deve dificultar a permanência do presidente no cargo

Brasília – O senador Humberto Costa (PT-PE) avaliou que a acusação do dono da JBS, Joesley Batista, de que o presidente Michel Temer é o “chefe de uma organização criminosa” deve dificultar a sua permanência no cargo.

“Essa acusação só faz enfraquecer ainda mais o governo que está sem nenhuma condição de permanecer no poder do ponto de vista político e ético”, afirmou Costa.

Para ele, as denúncias contra Temer são “extremamente graves”. “O mais grave de tudo é que ele (Joesley) apresentou, desde o acordo de delação (premiada), um conjunto de provas. Isso tudo é muito assustador.”

Costa considerou ainda que a delação premiada da JBS foi “arrasadora” para o PMDB e o PSDB. Sobre as acusações de Joesley de que o PT teria “institucionalizado” a corrupção, o senador afirmou que são de “uma fragilidade imensa”.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s