Senado inicia sessão para votar PEC dos gastos em 2° turno

Proposta é considerada a principal iniciativa do governo Michel Temer em direção ao ajuste fiscal

Brasília – O Senado iniciou sessão na manhã desta terça-feira para votar em segundo turno a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que limita o avanço das despesas públicas por 20 anos.

Na votação em 1º turno, foram 61 votos a favor e 14 contra.

A proposta é considerada a principal iniciativa do governo Michel Temer em direção ao ajuste fiscal, e vem sendo defendida pela equipe econômica como essencial para o reequilíbrio das contas públicas.