“Sem chance”, diz Blairo Maggi sobre integrar lista de Janot

Segundo o Valor Econômico, Janot pediu abertura de inquérito contra nove ministros de Temer, incluindo Blairo Maggi

Lapa (PR) – O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, afastou na manhã desta terça-feira, 21, a possibilidade de estar na lista de inquéritos pedidos pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ao Supremo Tribunal Federal (STF).

“Sem chance”, reagiu ele ao ser questionado sobre a informação, publicada na edição desta terça do jornal “Valor Econômico”.

Maggi informou que a semana de licença que tiraria a partir da última segunda-feira, 19, seria para tratar de questões pessoais, como a renovação dos registros de armas que herdou de seu pai e de sua carteira de motorista e para realizar uma mudança de residência em Cuiabá.

Originalmente, a semana estava reservada para uma viagem aos Estados Unidos com a área da pesca. Porém, a secretaria saiu de seu ministério e por isso o compromisso foi cancelado.

De acordo com a reportagem do “Valor Econômico”, Janot pediu a abertura de inquérito contra nove ministros do governo do presidente Michel Temer e Maggi seria um deles.

Os motivos pelos quais o ministro teria se tornado alvo de pedido de investigação ainda não foram divulgados, segundo o jornal, mas seriam decorrentes de envolvimento do ministro, quando era senador, com a Construtora Odebrecht.