Sarney diz que Lula se arrepende de ter eleito Dilma

O áudio foi gravado pelo ex-presidente da Transpetro Sérgio Marchado e revelado neste sábado pelo Jornal Hoje, da Rede Globo

São Paulo – O ex-presidente José Sarney disse em uma conversa gravada que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se arrependeu de ter escolhido a presidente afastada Dilma Rousseff para ocupar o seu lugar.

O áudio foi gravado pelo ex-presidente da Transpetro Sérgio Marchado e revelado neste sábado pelo Jornal Hoje, da Rede Globo.

De acordo com a reportagem, o trecho aparece quando Machado e Sarney falavam sobre Dilma. “Agora, tudo por omissão da dona Dilma”, diz o ex-presidente da Transpetro.

“Ele chorando. O que eu ia contar era isso. Ele me disse que o único arrependimento que ele tem é ter eleito a Dilma. Único erro que ele cometeu. Foi o mais grave de todos”, fala Sarney.

Segundo a reportagem, os investigadores acreditam que a conversa é mesmo sobre Lula, apesar de o nome do ex-presidente não ser citado diretamente.

As conversas reveladas pelo Jornal Hoje mostram também Machado falando em “ajuda” a políticos, entre eles o próprio Sarney.

Não é possível saber com exatidão sobre qual ajuda está sendo discutida nos diálogos, de acordo com o Jornal Hoje.

“Mais alguém sabe que você me ajudou?”, diz Sarney.

“Não sabe não. Ninguém sabe, presidente”, fala o ex-presidente da Transpetro.

Ao Jornal Hoje, o Instituto Lula disse que o ex-presidente teve seu sigilos bancários e fiscais quebrados, analisados e divulgados e que cabe aos autores das frases e das gravações comentarem suas declarações privadas divulgadas ilegalmente.