São Paulo vai reforçar policiamento durante eleição

“Não temos nenhum receio especial com relação a nenhum tipo de violência que possa ocorrer na data da eleição", disse secretário de Segurança Pública

O <a href="http://www.exame.com.br/topicos/policiais"><strong>policiamento</strong></a> será reforçado em <a href="http://www.exame.com.br/topicos/sao-paulo"><strong>São Paulo</strong></a> durante as eleições municipais de domingo (2). </p>

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, a Polícia Militar terá um reforço no efetivo para garantir a segurança nos locais de votação, cartórios e locais relacionados às eleições, enquanto a Polícia Civil elaborou um plano específico de atuação nas delegacias e zonas eleitorais em todo o estado. Além disso, a Polícia Militar também vai atuar na guarda quanto no transporte das urnas até os locais de votação.

“Não temos nenhum receio especial com relação a nenhum tipo de violência que possa ocorrer na data da eleição. Temos um reforço policial. Vamos trabalhar com o efetivo necessário tanto da Polícia Civil quanto Militar. Em cada posto de votação, teremos policiais militares fazendo a segurança local. Acredito que teremos eleições absolutamente tranquilas”, disse hoje (29) o secretário de Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho.

Lei Seca

O Estado de São Paulo não terá restrição quanto ao consumo e à comercialização de bebidas alcoólicas nos dias de votação. No entanto, a polícia de São Paulo informou que continuará fazendo pontos de bloqueio para a fiscalização da Lei Seca no trânsito.