Roraima deporta 450 venezuelanos em situação irregular no país

Segundo informações da PF em Roraima, os estrangeiros foram a Boa Vista para comercializar artesanato

A Polícia Federal (PF) começou hoje (9) a deportar 450 venezuelanos em situação irregular no Brasil. Segundo informações da PF em Roraima, os estrangeiros foram a Boa Vista para comercializar artesanato.

A maioria deles vivia no centro da cidade, próximo à Feira do Passarão, onde pediam esmolas. A previsão é que grupo chegue a Pacaraima (RR) esta noite, de onde devem partir para seu país natal sob responsabilidade do governo venezuelano.

O grande fluxo de venezuelanos em Roraima levou o governo do estado a decretar situação de Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional nos municípios de Pacaraima e Boa Vista.

A região faz fronteira com a Venezuela, que vive uma forte crise política e econômica e gerou o êxodo de cerca de 30 mil venezuelanos para o Brasil nos últimos dois anos.

De acordo com a Polícia Federal, este ano aproximadamente 900 venezuelanos com documentação irregular foram deportados a partir do estado de Roraima.