Roberto Jefferson faz perícia médica pedida pelo STF

O delator do mensalão será submetido a uma perícia por uma junta de médicos oncologistas

Rio – O ex-deputado Roberto Jefferson (PTB), delator do mensalão, chegou às 7h53 desta quarta-feira, 04, à unidade do Instituto Nacional do Câncer (Inca) no Santo Cristo, zona portuária do Rio de Janeiro, acompanhado da mulher, Ana Lúcia.

Por ordem do ministro Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Jefferson será submetido a uma perícia por uma junta de médicos oncologistas. “Não vou falar”, disse Jefferson aos jornalistas, ao entrar no hospital.

O cirurgião Rafael Albagli, especialista em cirurgia abdômino-pélvica, e os oncologistas Carlos José Andrade e Cristiano Guedes Duque serão responsáveis por elaborar um laudo indicando se o ex-deputado condenado pelo STF no processo do mensalão tem condições de cumprir pena no presídio, ou se deverá ser encaminhado à prisão domiciliar ou hospitalar.

O advogado de Jefferson, Marcos Pedreira Pinheiro de Lemos, havia chegado pouco antes, e levava a intimação de Barbosa na mão. Pouco depois, chegou à unidade do Inca a filha do ex-deputado e vereadora do Rio, Cristiane Brasil.