Relator acredita em aprovação tranquila de Raquel Dodge no Senado

Roberto Rocha (PSB-MA) exaltou o currículo de Raquel, ao dizer que a escolha do presidente Michel Temer "prestigia o mérito"

Brasília – O senador Roberto Rocha (PSB-MA), relator da indicação da subprocuradora Raquel Dodge para chefiar a Procuradoria-Geral da República, afirmou nesta quarta-feira, 5, acreditar em uma aprovação tranquila na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa.

Seu parecer, no qual exalta o currículo de Raquel, foi nesta quarta no colegiado.

“Foi uma escolha do presidente que prestigia o mérito. Ela teve o reconhecimento pelos seus colegas, inclusive a força-tarefa da Lava Jato elogia a indicação, a ANPR também elogia e evidentemente que nos recolhemos até agora bons motivos para apresentar à CCJ”, afirmou Rocha.

O relator se reuniu por cerca de uma hora e meia com Raquel na terça-feira, 4, em seu gabinete. Na ocasião, segundo ele, não discutiram temas como a Lava Jato ou a opinião dela sobre delações premiadas.

“Assuntos que estão em investigação a gente evitou comentar”, disse.

Raquel tem circulado no Senado desde terça-feira para se apresentar aos senadores que vão sabatiná-la.

Na lista estão, além de Rocha, o líder do DEM, Ronaldo Caiado (GO), o petista Jorge Viana (AC), a senadora Ana Amélia (PP-RS) e o líder do governo, Romero Jucá (PMDB-RR). Na semana passada, Raquel esteve com o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE).

Senadores da oposição, que chegaram a reclamar da “pressa” em aprovar a indicação de Temer para o lugar de Rodrigo Janot, não participaram da reunião da CCJ na qual o relatório foi lido.

Para o presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), José Robalinho Cavalcanti, a expectativa é de que a sabatina, prevista para o próximo dia 12, será dura, mas no fim o nome de Raquel será aprovado.

“O Senado vai exercer sua função. Nós esperamos mesmo que seja uma sabatina longa, uma sabatina dura, porque faz parte do órgão. Temos absoluta tranquilidade que o nome da Raquel será aprovado”, disse Robalinho.