Dólar R$ 3,27 -0,54%
Euro R$ 3,65 0,07%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 1,36% 64.085 pts
Pontos 64.085
Variação 1,36%
Maior Alta 4,89% RADL3
Maior Baixa -6,09% JBSS3
Última atualização 26/05/2017 - 17:20 FONTE

Reestruturação na Santa Casa de SP deve ser replicada em outras

A Caixa irá liberar um financiamento para a Santa Casa de Misericórdia de R$ 360 milhões

São Paulo – O presidente Michel Temer (PMDB) afirmou na manhã desta terça-feira, 6, esperar que a reestruturação que passará a ser feita na Santa Casa da Misericórdia de São Paulo possa se reproduzir em todas as Santas Casas do País.

Temer discursou em cerimônia fechada durante a assinatura do Contrato de Estruturação Financeira da instituição. O ato foi realizado em Brasília com a presença do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), a quem Temer falou que tinha “renovado prazer em revê-lo”.

O vídeo com o discurso de Temer durante a assinatura foi divulgado pelo Palácio do Planalto. A Caixa irá liberar um financiamento para a Santa Casa no valor de R$ 360 milhões.

Temer afirmou que sempre via a Caixa não como um estabelecimento de crédito que pudesse apenas gerar lucros e dividendos, mas como uma estrutura que tinha sempre “uma função social”.

“Eu acho, como as Santas Casas sempre têm muitas dificuldades, eu acho que o Gilberto Occhi (presidente da Caixa) e os senhores vão ter muita gente batendo às portas lá da Santa Casa, da Caixa Econômica. E eu espero que este ato também possa reproduzir-se em todas as Santas Casas do País”, disse Temer.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. O governo de São Paulo além de cuidar da própria rede de saúde, ainda tem ajudado municípios e filantrópicas como as Santas Casas. Geraldo Alckmin tem feito o possível pela saúde. Mas só o empenho do governador não basta. As gestões petistas de Lula e Dilma levaram o sistema público de saúde à falência. Não atualizam a tabela do SUS durante 13 anos. Diminuíram o repasse para estados e municípios. Se isso não mudar, a situação vai piorar ainda mais.