Quanto pagam as empresas?

O perfil de quem contribui mais para a arrecadação nacional já não é mais o mesmo de dez anos atrás. Enquanto que a contribuição de pessoas físicas se mantém crescendo vertiginosamente, mesmo com desaceleração no crescimento populacional, as pessoas jurídicas tem contribuído cada vez menos — a ponto de, em 2015, terem pago menos impostos do que em 2011, e de contribuírem com 5,70% do total arrecadado, enquanto que as pessoas físicas representam 8% do montante. Abaixo, veja as diferenças na evolução da arrecadação sobre a renda dos cidadãos e sobre o lucro real das empresas.

http://infogr.am/6282985f-9977-464a-bd0e-96d2040ff794