PTB de Campos Machado se alia à campanha de Serra

O governador tucano Geraldo Alckmin foi o responsável pelo apoio dos petebistas. "Não tinha como não apoiar o candidato dele pela nossa amizade", disse Machado

São Paulo – O tucano José Serra conseguiu nesta quarta-feira (10) adesão do PTB e do PPS à sua candidatura no segundo turno da eleição na capital paulista. O governador Geraldo Alckmin (PSDB) foi o responsável pelo apoio dos petebistas.

“Não tinha como não apoiar o candidato dele (Alckmin) pela nossa amizade”, disse Campos Machado, presidente do PTB paulista. Ele afirmou que o partido dará um “apoio integral, sem dissidências” ao PSDB. “Será um trabalho como se fosse o nosso candidato à Prefeitura.”

A candidata derrotada do PPS, Soninha Francine, que durante a campanha criticou o prefeito Gilberto Kassab (PSD), disse não se constranger ao se aliar a Serra: “Não vou parar de defender o que acredito e criticar o que está errado”.

O PPS pede, nos bastidores, que o vereador Cláudio Fonseca, que não conseguiu se reeleger, seja indicado para um cargo na Prefeitura caso Serra vença. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.