PSB confirma Bebeto como 4º nome da sigla em comissão

O deputado baiano se junta ao líder e aos deputados Danilo Forte (CE) e Tadeu Alencar (PE), que já tinham sido anunciados mais cedo

Brasília – O líder do PSB na Câmara, Fernando Bezerra Filho (PE), confirmou na tarde desta segunda-feira, 7, o nome do deputado Bebeto (BA) como o quarto parlamentar do partido que integrará a comissão especial que dará parecer sobre o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff na Casa.

O deputado baiano se junta ao líder e aos deputados Danilo Forte (CE) e Tadeu Alencar (PE), que já tinham sido anunciados mais cedo.

Os nomes foram escolhidos por meio de votação da bancada realizada durante a manhã e tarde de hoje. Bebeto foi eleito em “segundo turno”, após ficar empatado em quarto lugar com os deputados Luiza Erundina (SP) e João Fernando Coutinho (PE), que serão indicados para suplência na comissão, ao lado dos deputados José Stédile (RS) e Paulo Fuletto (ES).

A eleição de Bebeto preocupa o comando da bancada do PSB, que já sinalizou que deverá ter posição “unitária” em relação ao impeachment na comissão.

Mais cedo, o líder ressaltou que, atualmente, a “tendência majoritária” na bancada da Câmara é votar a favor do processo de afastamento da presidente Dilma. Bebeto, contudo, é próximo ao PT da Bahia e ao ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner.

“Está todo mundo muito consciente disso. Fizemos questão de ressaltar que as posições pessoais não devem se sobrepor a decisão do partido”, ressaltou Fernando Bezerra Filho.

Apesar de afirmar que a ala pró-governo hoje na bancada é minoritária, ele ponderou que a decisão final só será tomada em reunião da Comissão Executiva Nacional, na próxima quarta-feira, 9.