Procurado por fraude no leite se apresenta à Polícia

Com isso, todos os nove mandados de prisão preventiva expedidos pela Justiça estão cumpridos

Porto Alegre – Nono suspeito de participação na fraude do leite detectada pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul, o empresário Paulo César Chiesa se apresentou à Polícia Civil, em Ibirubá, nesta quinta-feira e explicou que não foi encontrado nesta quarta-feira, 8, porque estava fora de seu domicílio.

Com isso, todos os nove mandados de prisão preventiva expedidos pela Justiça estão cumpridos.

Outras oito pessoas apontadas como responsáveis pela adulteração do produto foram presas na quarta-feira e duas delas, liberadas depois de prestar depoimento, voltaram para suas casas.

A investigação apontou que diferentes grupos de transportadores, sem conexões entre eles, costumavam acrescentar água tirada de poços e uréia ao leite que compravam de produtores rurais e revendiam à indústria para beneficiamento.

Com isso, aumentavam o volume do produto e também seus rendimentos.